Publicidade
Entretenimento
Vida

Exposição que conta com mais de 120 obras sobre a Amazônia reabre em novo local

Até o dia 9 de novembro a 1ª Mostra Pan-Amazônica de Arte fica aberta à visitação no MS Casa da avenida Djalma Batista 28/10/2013 às 09:15
Show 1
O presidente da Associação Pan-Amazônica, Belisário Arce. Ao lado, o artista peruano Roberto Suarez Reginfo e abaixo o artista Jean François Genot
A crítica ---

As peculiaridades da Amazônia Ocidental estão registradas nos quadros e esculturas da 1ª Mostra Pan-Amazônica de Arte. A exposição que conta com mais de 120 obras de artistas plásticos de toda a Região foi reaberta no sábado (26), no MS Casa da Djalma Batista, onde ficará exposta até o próximo dia 9 de novembro.

De acordo com os organizadores, as obras têm predomínio do Figurativismo, termo usado para identificar as manifestações artísticas que representam com realismo a natureza, a forma humana e os objetos criados pelo homem. “Através das obras, os visitantes poderão conhecer pontos distintos de toda essa região”, afirmou o presidente da Associação Pan-Amazônica, Belisário Arce.

De acordo com Belisário, que também terá obras expostas na mostra, o processo de seleção dos artistas presentes na exposição durou mais dois meses e foi feito por pesquisadores dos mais diferentes segmentos. “Trabalhamos em parceria com as secretarias de cultura dos estados, com institutos de pesquisa e especialistas em arte. Conseguimos um acervo de telas e esculturas que representam muito bem a nossa região. Essa mostra é uma ação inédita na região e já estamos pensando em futuras edições”, explicou.

Artistas

A mostra conta com a participação de artistas amazonenses, indígenas de diferentes etnias de Roraima, artistas do Amapá, Acre, Rondônia e de países como o Peru e o Equador. Todas as obras expostas estarão à venda, com preços que variam de R$ 1,5 mil a R$ 20 mil. Mesmo com o predomínio do Figurativismo, a mostra vai contar ainda com trabalhos que exploram a arte abstrata e peças com uma forte influência regionalista. “O mundo amazônico está sendo retratado nos mais diferentes estilos artísticos”, afirmou Belisário.

Otoni Mesquita, Sérgio Cardoso, Gisele Alfaia e Maria Thereza Negreiros são alguns nomes dos artistas brasileiros que terão suas obras na exposição. A mostra vai contar, ainda, com a participação da equatoriana Sara Palacios, o peruano Emilio Lopez, e os indígenas Bartô, Okaba e Mário Flores.

A 1ª Mostra Pan-Amazônica de Arte teve início no dia 19 de outubro, no Studio 5 Festival Mall, onde ficou aberta até o dia 25. Agora ela fica no MS Casa do Manaus Casa Shopping até o dia 9 de novembro. A expectativa é de que mais de 30 mil pessoas visitem a exposição.

A MSCASA, que sedia o evento, faz parte do Grupo Vitor Souza (GVS), que completa, em 2013, 35 anos de atuação no Amazonas, líder nos segmentos de móveis e decoração. A exposição é parte da programação de comemoração da data. O gestor de Marketing do GVS, Paulo Ricardo Sachs, destaca a participação da MSCASA para a divulgação da arte em Manaus. “A MSCASA incentiva, cada vez mais, que as pessoas consumam arte nos mais diferentes segmentos”, afirmou.

Publicidade
Publicidade