Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Vida

Famosos burlam a lei usando celulares em cabine de votação

Alguns famosos que foram as urnas neste 5 de outubro foram fotografados na entrada ou saída de suas seções, outros, decidiram fotografar seu próprio voto e postar nas redes sociais



1.jpg Voto de Hélio de la Peña
05/10/2014 às 19:57

No tão comentado 5 de outubro, diversas celebridades também participaram da "festa da democracia" escolhendo seus representantes para os próximos quatro anos. Famosos em todo o País levaram seu título de eleitor e documento com foto para apresentar aos mesários e, em seguida, digitar e confirmar de acordo com suas preferências. Acontece que na era das redes sociais, acontecimentos são fotografados, filmados e comentados em tempo real. 

A discussão em torno do limite da exposição do voto voltou a ser destaque. Em entrevista para a Agência Brasil, o pesquisador de ciência e tecnologia do departamento de sociologia da Universidade de Brasília (UnB) Marcello Barra, declara que apesar do intenso ativismo de eleitores nas redes sociais, quem busca burlar a legislação presta um desserviço à nação. "A conquista do voto secreto é uma garantia da democracia. Qualquer meio que burle esse direito é um atentado à democracia" pontuou. 

Apesar de ilegal, inúmeras fotos das telas de urnas eletrônicas foram divulgadas na rede e este foi um dos assuntos bastante comentado pelos internautas ao longo do pleito. Prova disso é o tumblr Selfie na Urna, criado somente para divulgar fotos e vídeos de pessoas que resolveram "socializar" nas redes até mesmo o exato momento do voto. 

Paula Lavigne, ex-mulher de Caetano Veloso, atriz e produtora musical, causou polêmica ao ser a primeira famosa a postar em seu Facebook uma foto da urna em que votou, exibindo seu candidato a governo no Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSOL). Após ser alertada por seus seguidores ser uma prática ilegal, a foto foi deletada. "Não sabia que era crime postar fotomontagem simulando meu voto! Apaguei porque a repercussão mostra que não entenderam. Desculpem o transtorno" publicou em seguida.


(Paula Lavigne divulga em seu facebook o voto no candidato do PSOL, Marcelo Freixo)

O humorista Hélio de la Peña, integrante do extinto Casseta & Planeta, também divulgou o registro de seu voto. Hélio utilizou a plataforma de compartilhamento de imagens, instagram, tornando público seu apoio ao ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). Ele em seguida, assim como Paula Lavigne, foi alertado por seus seguidores a retirar a foto pois se tratava de um crime. 


(Helio de la Peña divulga em seu instagram apoio ao candidato do PSDB)

Alguns eleitores de Manaus também se arriscaram, como um internauta que, além de tirar uma selfie na urna, ainda gravou um vídeo fazendo um gesto obsceno para a imagem da candidata à presidente pelo PT, Dilma Rousseff, que aparecia na tela (assista ao vídeo). Segundo a legislação, quem for pego tirando foto ou gravando quando estiver votando pode receber até dois anos de prisão e paga multa de R$ 16 mil. 

Na cabine é proibido portar celular, máquina fotográfica, filmadora, tablet, ou qualquer outro aparelho que comprometa o sigilo do voto, no entando a regra foi quebrada em diversas cidades do país.

O ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, afirmou hoje em coletiva de imprensa que é impossível controlar toda as seções eleitorais, se referindo às selfies nas urnas. Ele, no entanto, orientou os eleitores a não fazerem.

A assessoria do TRE informou que não haverá punições, citando a lei eleitoral: a Resolução 23.339 de 2013, do Artigo 88, diz que é expressamente proibido o registro do voto. No entanto, a punição só ocorreria se a pessoa estivesse sendo flagrada fazendo o registro. Se isso ocorresse, o presidente da mesa iria pedir que a pessoa entregasse o aparelho a ele. Caso ela se negasse a seguir sua ordem, poderia ser impedida de votar e responder a um processo por crime de desobediência.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.