Sábado, 14 de Dezembro de 2019
TEATRO

'Fando e Lis' encerra hoje a programação do 12º Festival de Teatro da Amazônia

Dentro da programação do 12° Festival de Teatro da Amazônia, será lançado hoje (28), às 18h30, na Galeria do Largo, o livro “Outras Dramaturgias” de Jean Paladino, Francis Madson, Danilo Reis e Denni Sales



Fando-Lis-reescrevem-Romeu-Julieta_ACRIMA20160328_0020_15.jpg Em “Fando e Lis”, um homem e uma mulher reescrevem a história de Romeu e Julieta (Divulgação)
28/03/2016 às 18:30

Com 13 espetáculos de vários estados brasileiros, duas oficinas, duas vivências, um debate e quatro lançamentos de livros, o 12º Festival de Teatro da Amazônia encerra sua programação na capital nesta segunda-feira (28), às 20h, no Teatro Amazonas, com o espetáculo “Fando e Lis” do Atelier 23. O evento é uma idealização da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), com realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, em coprodução com a Cia. de Idéias, e apoio cultural do Hotel Líder, do Restaurante Barril de Carvalho, Linving Viagem e Casa da Pamonha.

Em “Fando e Lis”, um homem e uma mulher reescrevem a história de Romeu e Julieta. Seu amor é negado não pelas famílias, mas por sua condição física. Fando conduz Lis, que é paralítica, à cidade imaginária de Tar. No caminho encontram com três homens, Namur, Mitaro e Toso que acentuam a complexidade da cena. Sem poder possuí-la fisicamente, ele transforma seu desejo sexual em violência. Mas Lis, a inválida, consegue encontrar certa fascinação no sofrimento, e, quando do­mina a situação, é capaz de levar Fando ao desespero.



Texto de Fernando Arrabal, direção e cenário de Taciano Soares, trilha sonora de Tai Guedes, iluminação Daniel Braz, figurino de Eric Lima e Laury Gitana, maquiagem de Eduardo Klinsmann e Taciano Soares e fotografia Fabiele Vieira. No elenco: Dinne Queiroz, Eduardo Klinsmann, Gleidstone Melo, Ítalo Rui e Jean Palladino.

 Lançamento de Livro

Dentro da programação do 12° Festival de Teatro da Amazônia, será lançado hoje (28), às 18h30, na Galeria do Largo, o livro “Outras Dramaturgias” de Jean Paladino, Francis Madson, Danilo Reis e Denni Sales.

 Homenagens do Festival

A 12ª edição do FTA homenageia dois grandes profissionais. Hoje (28), no Teatro Amazonas, quem recebe os aplausos, às 20h, é o dramaturgo amazonense Wagner Melo, pioneiro das artes cênicas no Amazonas que em 2015 completou 50 anos de dedicação ao teatro.

Outro artista homenageado na abertura do Festival foi o maquiador e ator Theo Correa. “Ele era um grande incentivador do teatro e das artes de um modo geral, e tinha ainda muitos planos para por em prática. Vida que segue nisso que amamos de paixão, que é a nossa arte e a arte de nossos amigos, na eterna labuta por uma obra melhor, cada vez mais sincera”, diz João Fernandes.

 Interiorização

O encerramento oficial da programação do 12° Festival de Teatro da Amazônia acontece no dia 09 de abril, no município de Novo Airão, com o espetáculo “Dragão de Macaparana”, da Soufflé de Bodó Company, exibido no último domingo (27), com muitos risos e aplausos do público que lotou a lira do Teatro Amazonas. A peça trata-se de uma livre adaptação de uma literatura de cordel que conta a história de uma trupe de teatro mambembe que atravessa o sertão atrás de experiências, mas acabam sempre envolvidos em várias peripécias.

 Serviço

O que: Encerramento da programação 12º Festival de Teatro da Amazônia em Manaus, com “Fando e Lis” – Atelier 23

Quando: Hoje (28), às 20h

Onde: Teatro Amazonas

Quanto: R$ 10 (inteira)

*Com informações da assessoria de comunicação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.