Publicidade
Entretenimento
Vida

Fãs do Garantido planejam 'álbum alternativo'

O CD não oficial, que recebeu o título de “Quem manda é a galera!”, deverá ser lançado no dia 8, sexta-feira 29/01/2013 às 09:33
Show 1
O projeto, cuja votação será encerrada nesta quinta-feira, ficará pronto na sexta, dia 8 de fevereiro, quando invadirá as prateleiras de Parintins
Gabriel Machado Manaus, AM

No último dia 15, em Parintins, a diretoria do Boi Garantido apresentou ao público as 18 toadas que farão parte do repertório no Festival Folclórico 2013. As canções, que têm como tema os 100 anos do bumbá vermelho e branco, no entanto, parecem ter causado um certo mal-estar entre a diretoria e um grupo de pelo menos 400 fãs do boi da baixa – insatisfeitos com a falta de personagens e eventos que ajudaram a construir a história do Garantido nas novas toadas.

Os torcedores, liderados por João Paulo Faria, sobrinho de Paulinho Faria e neto de Maria Ângela Faria, ex-apresentador e torcedora ícone do bumbá, respectivamente, criaram uma enquete no grupo “Boi Garantido”, no Facebook, para selecionar 15 toadas – de 31 que ficaram de fora do CD oficial – que vão integrar a tracklist de um álbum paralelo, intitulado “Quem manda é a galera!”. “Apesar de contar com boas composições, nenhuma aborda o centenário e a história do Garantido”, comentou João Paulo a respeito do repertório deste ano.

O projeto, cuja votação será encerrada nesta quinta-feira, ficará pronto na sexta, dia 8 de fevereiro, quando invadirá as prateleiras de Parintins. “Nós nos inspiramos na frase de Fred Goes, ‘A simplicidade é a alma da tradição’. E é isso que estamos fazendo, o simples, pegando a opinião dos torcedores”, revelou.

Assessor e compositor do Boi do Povão, Mencius Melo se manifestou vestindo a camisa de torcedor. De acordo com ele, a iniciativa de João Paulo não surge como uma crítica à diretoria do Garantido, e sim como uma forma de contribuir com o trabalho realizado pela equipe do bumbá. “A fórmula de escolha das toadas está desgastada e essa votação online é uma grande dica para os dois bois, diferente e que merece ser estudada”, ressaltou Mencius.

A respeito das composições que integram o repertório oficial do Boi da Baixa para 2013, Mencius fez algumas ressalvas. “Alguns compositores foram até o Nordeste e o Centro-Oeste do País e esqueceram de passar no principal, na Baixa de São José, onde está a história do Garantido. Não precisava ir tão longe, bastava ir até lá”, finalizou.

Diretoria

Quando procurado por A CRÍTICA para comentar a produção do “álbum alternativo”, o presidente do Garantido, Telo Pinto, fez questão de apontar a não oficialidade do projeto. “Não tem nada a ver com o boi, tem a ver com alguns torcedores que não gostaram das toadas selecionadas e nós não podemos obrigar ninguém a gostar ou desgostar de alguma coisa. Eles se sentiram na obrigação de criar esse CD, descontentes com a seleção, mas nós não temos nada a ver isso”, frisou o presidente.

Apesar da polêmica, o presidente minimizou o alarde, apontando o foco da equipe do bumbá para as próximas semanas. “Nosso objetivo, agora, é preparar o boi para o seu próximo espetáculo, que é a gravação do DVD oficial no dia 23 de fevereiro, em Parintins, e em 16 de março, em Manaus”, revelou.

Inédita

Entre as composições que disputam um lugar na tracklist de “Quem manda é a galera!” está uma canção inédita de Chico da Silva, de 1999, intitulada “Garantido no cio”.

 

 

Publicidade
Publicidade