Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Vida

Fãs do Natal dão dicas de decoração para a data

Por meio da combinação de cores, enfeites e acessórios religiosos, mulheres criam o cenário ideal para o fim de ano



1.jpg Lia Regina pensa em cada cantinho da casa na hora de decorar para o Natal
30/11/2013 às 19:29

O Natal está cada vez mais próximo e, para aqueles que celebram a data e ainda não tiraram a decoração da dispensa para “natalizar” o ambiente, o primeiro dia de dezembro caiu em um domingo, dando a oportunidade perfeita para por a “mão na massa”.

A advogada Lia Regina Pinto, 55, e a pedagoga Maria Lúcia Ferreira, 51, começaram os preparativos no início do mês passado. Fãs assumidas de decoração natalina, as duas fazem de tudo para criar o melhor ambiente e dividiram algumas dicas com o VIDA & ESTILO para criar o cenário de Natal ideal “para a época mais mágica do ano”, como costuma definir a pedagoga.



A primeira recomendação de Lia Regina é fazer a escolha das cores, sempre procurando criar uma harmonia com os tons e a decoração original da casa. “A partir das cores escolhidas, procuro brincar com as tonalidades, para criar algo mais leve e divertido. Uma muito utilizada é a combinação tradicional - com verde, vermelho e dourado - que sempre fica linda, mas é preciso um pouco de cuidado para não ficar carregada demais. Outra opção, que se vê muito hoje em dia, é a com tons de azul ou verde. Quando essas cores são escolhidas, a pessoa pode brincar tanto com o dourado, quanto com o branco e o prata. Para quem quer algo bem diferente, a opção é usar tons da cor uva e da cor rosa”, indica.

Após escolher as cores, a criatividade é o que conta, como explica Maria Lúcia. “Sempre misturo peças antigas com coisas novas, é algo de inspiração. Todo o ano gasto entre R$ 500 e R$ 2 mil comprando novos enfeites e guardo todos com o maior cuidado. Com eles faço arcos nas portas, o presépio, decoro a descida da escada, etc. Sempre escutando músicas natalinas, claro! Para não enjoar tenho CDs com elas em quase todos os idiomas”, brinca a pedagoga.

Para casas com crianças, as duas recomendam abusar dos enfeites em formato de doce, Papai Noel, bichinhos de pelúcia e caprichar na iluminação. Já para uma decoração mais séria, a pedida é apostar em fitas, flores, bolas e laços. “Também tenho usado muito a mangueira de luzes, além do tradicional pisca-pisca”, completa a advogada.

Tradição

Todo esse carinho pela decoração de Natal que a pedagoga Maria Lúcia tem começou na infância. “Minha mãe sempre foi apaixonada pelo Natal. Ela começava a decorar a casa em outubro, para não esquecer nenhum cômodo. Em dezembro, o local parecia um sonho! Ela morreu em 2008, mas eu e meus irmãos nunca paramos de decorar a casa dela. Já é uma tradição”, conta a pedagoga.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.