Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020
SAMBA E SABOR

Feijoada do Bola Preta dá início ao projeto “Rio Samba Show”

O evento inicia a partir das 12h do dia primeiro de fevereiro. Apresentadora Baby Rizzato se mantém como a rainha do evento



DOIS_BCF7200A-8245-4283-A9A1-F5A7AB2E60FD.JPG Feijoada tem como tradição relembrar os clássicos do Carnaval. Foto: Divulgação
03/01/2020 às 08:46

Tradicional grupo do Carnaval carioca, o Cordão da Bola Preta (CBP) agora também ‘sacode’ a agenda carnavalesca amazonense. Pelo terceiro ano consecutivo, Manaus recebe a “Feijoada do Bola Preta”, que acontece no Salão Nobre do Clube Social do Sesi (Alameda Cosme Ferreira, 3.295, São José), ditando o ritmo do pré-Carnaval local e do circuito “Rio Samba Show”. O evento inicia a partir das 12h do dia primeiro de fevereiro.

Depois de sua turnê de 100 anos de Carnavais em 2018, o Bola – apelido carinhoso concedido a banda – marcou o calendário da cidade. O presidente do CBP, Pedro Ernesto Marinho, espera que a proposta de trazer o grupo à capital seja mantida anualmente. “As nossas apresentações nesses últimos anos em Manaus têm sido de grande orgulho e honra para todos nós do Cordão da Bola Preta. O carinho com que somos recebidos na capital amazonense é cativante. Esperamos que o projeto se perenize no calendário pré-carnaval da linda Manaus”, destaca.



Preparada pela Manaós Entretenimento, a festa conta com diversas atrações para o retorno do Bola Preta em solo manauara. A partir das 12h, Mestre Caio, Casqueta, Edu do Banjo e Dudu Brasil assumem o comando da festa. Formado pelas cantoras Fátima Silva, Cinara Nery, Lucilene Castro e Márcia Siqueira, o grupo “Elas Cantam Samba” sobe aos palcos às 14h. Já os anfitriões se apresentam entre 15h e 17h, com um repertório que inclui marchinhas conhecidas pelo público, como “Sassaricando”, “Mamãe, eu quero”, “Turma do Funil”, “Cabeleira do Zezé”, bem como uma lista repleta de samba, dentre os quais “Trem das Onze”, “Domingo eu vou ao Maracanã”, “Atrás da Verde e Rosa” e “Aquarela Brasileira”. Em seguida, o grupo Couro Velho encerra o evento, com sambas enredos locais e nacionais.

Outra presença confirmada é da apresentadora Baby Rizzato, que mantém o reinado da folia, afinal, como diz o ditado, “quem foi rei [no caso, rainha], nunca perde a majestade”. “Ela é nossa rainha tradicional. É minha eterna rainha”, afirma o produtor Juca Semen, da Manaós Entretenimento – responsável pelo circuito “Rio Samba Show”, projeto que celebra a conexão do Rio de Janeiro com Manaus.

Lounge Copacabana

Diante do ritmo do Carnaval carioca, o evento conta com um espaço especial, lembrando a terra do Cristo Redentor: o Lounge Copacabana, desenhado pelo designer Luciano Hudson. “Procuro interpretar e transmitir para o público as sensações e memórias do próprio Juca, que morou em sua juventude no Rio, frequentando todos os clubes e praias, respirando toda a boemia e o romantismo que a beleza do Rio de Janeiro aflora”, detalha.

Segundo Hudson, trata-se de um ambiente de baile de Carnaval com elementos das ruas e lugares por onde o bloco passa, como as texturas dos calçadões, as palmeiras das praias e os clássicos bancos de praças. Neste ano, os locais homenageados são: Aterro do Flamengo; Centro Histórico; Bondinho; Forte de Copacabana; Praia de Copacabana, Arcos da Lapa; e Museu do Amanhã. Outro cenário que não pode faltar é o Cristo Redentor, que conta com a réplica desenvolvida pelo artista do Boi Caprichoso, Juarez Lima – peça disputada pelos flashs dos convidados.

O espaço também conta com degustação de produtos do Rio de Janeiro. Para este ano, a escolha foi pelos famosos biscoitos Globo, acompanhados por Chá Matte com Limão, tradicionais nas praias cariocas.

As camisas-ingresso para a Feijoada começam a ser vendidas a partir da próxima segunda (06), na loja Degradê, localizada na Avenida João Valério, nº 16, bairro São Geraldo. Mais informações podem ser obtidas pelo contato telefônico (92) 99153-0545.

Saiba Mais

O Cordão da Bola Preta foi fundado em 1918 por Álvaro Gomes de Oliveira (conhecido como Caveirinha), Francisco Brício Filho (o Chico Brício), Eugênio Ferreira, João Torres e os irmãos Jair, Joel e Arquimedes Oliveira Roxo. Além de Manaus, o grupo se apresenta em outras cidades fora do território carioca, entre elas Juiz de Fora (Minas Gerais), Aracaju (Sergipe), Recife (Pernambuco), Fortaleza (Ceará) e Cachoeiro do Itapemirim (Espírito Santo).

Serviço

O quê:  Feijoada do Bola Preta

Quando:  1º de fevereiro, a partir das 12h

Onde:  Salão Nobre do Clube Social do Sesi, localizado na Alameda Cosme Ferreira, 3295, São José

Quanto:  preço inicial de R$ 140 (camisa e lugar na mesa) e mesa para dez pessoas sob o valor de R$ 1.400

Informações:  (92) 99153-0545

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.