Terça-feira, 21 de Maio de 2019
ARTESANATO

Feira de Artesanato do Complexo Turístico da Ponta Negra traz novos itens de Natal

São vários artigos para atender a demanda por tais produtos neste período natalino. A feira acontecerá até o dia 29 de dezembro



unnamed__1_.jpg
Nesta sexta (23), a exposição se inicia às 16h e vai até às 23h. No sábado (24) começa às 8h e finaliza às 17h (Foto: Divulgação)
23/12/2016 às 14:11

A Feira de Artesanato do Complexo Turístico Ponta Negra, na orla oeste de Manaus, está com novos itens para as festas de final de ano. São vários artigos para atender o aumento da demanda por tais produtos neste período natalino. Nesta sexta-feira (23), a exposição se inicia às 16h e vai até às 23h. No sábado (24) começa às 8h e finaliza às 17h. A feira acontecerá até o dia 29 de dezembro.

Fruto de uma emenda parlamentar do vereador Professor Samuel (PHS), a exposição reúne, aproximadamente, 60 quiosques com produtos artesanais e contou com a organização da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad).

A secretária da Semtrad, Ananda Carvalho, destacou o sucesso da feira e afirmou que o evento está sendo importante para o crescimento dos artesãos que tiveram grandes oportunidades a partir da exposição. “Durante a realização da exposição ocorreu uma importante parceria com o Sebrae, de transformar os artesãos em MEIs (Microempreendedores Individuais), assunto que será discutido nos próximos dias ”, afirmou.

Mais de 40 artesãos cadastrados no programa de Economia Solidária da Semtrad participam da feira, que pretende aumentar as oportunidades dos comerciantes, levando itens artesanais de uso pessoal e de casa com qualidade e a preço justo para a população.

Biojoias, acessórios, artigos para decoração, toalhas pintadas à mão e bordadas, bonecas de pano, marchetaria, sandálias customizadas, estão entre os trabalhos artesanais comercializados na feira. Produzidos com produtos regionais, como sementes de açaí, fibras vegetais, penas e escamas de peixe, os produtos possuem preços que variam de R$ 2 a R$ 100.

Vanda Almeida, 47, confecciona roupas para cães e tiaras de tecido. Ela disse que sempre participa de feiras e está animada com as vendas. "A chuva atrapalha um pouco, mas mesmo assim eu tenho vendido bem. Tenho muitas encomendas para entregar", contou.

Mauro Macambiras, 42, é mecânico de aviões, mas está afastado dessa área. Junto da esposa, que faz biscoitos caseiros, ele está otimista com as vendas. “Trabalhamos com vários sabores: maracujá, coco, leite... Mas o que vendemos mais é o de castanha", comemorou. Além de beneficiar a arte e a cultura locais por meio do artesanato, a feira se mostra como uma alternativa para aumentar as vendas dos artesãos no fim de ano e levar opções de compras aos consumidores. 

O Departamento de Economia Solidária da Semtrad desenvolve e gerencia programas de caráter permanente, visando ao cumprimento de planejamentos e promoção de atividades econômicas, articulando com os demais objetivos da Secretaria e, realizar estudos e levantamentos que possibilitem a integração das atividades econômicas solidárias no município de Manaus.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.