Sábado, 21 de Setembro de 2019
Vida

Fernando de Noronha: uma pérola no paraíso

A ilha principal do arquipélago na costa de Pernambuco ganhou um belo espaço multifuncional para os turistas



1.jpg Fernando de Noronha: uma pérola no paraíso
27/04/2013 às 17:41

Fernando de Noronha é o testemunho real de que o Brasil é um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. O arquipélago de belezas estonteantes, formado por 21 ilhas e várias ilhotas, é o que se convencionou chamar de cenário paradisíaco. E um lugar para o turista explorar com calma. Além de que, tudo em Noronha, da diversão noturna até os hábitos do dia-a-dia, como o banho, lembra atitudes ecologicamente corretas.

Não é por acaso que um dos programas locais mais interessantes, proposto para entreter os turistas, são bate-papos e encontros no Projeto Tamar. O assunto? Preservação, ecologia, extinção, cuidados com os animais e curiosidades sobre o paraíso noronhense. A trilha sonora é de raiz, com destaque para o maracatu e o forró, e à noite outra dica imperdível é aproveitar a magia desses ritmos e os luaus dos barzinhos que apostam no esquema “pé-na-areia”.

NOVIDADE NA ÁREA

Um desses lugares bacanas no circuito da ilha principal é “O Pico”, espaço multifuncional recém-inaugurado em Fernando de Noronha, que é um novo point badalado para quem visita o arquipélago. O empreendimento é aposta da cineasta Joana Mariani, da marqueteira Ana Maria Miranda e da artista plástica Paula Boechat, e reúne em um mesmo ambiente gastronomia, arte, moda, artesanato refinado e lazer para as tardes no arquipélago, em um projeto elaborado pelo arquiteto Vitor Penha.

Um dos carros chefes d’O Pico é o bistrô comandado pelo chef Jago Koerich, que reúne pratos sofisticados para acompanhar a estadia em Fernando de Noronha. Os pratos mais indicados são as três opções de ceviches feitos com cubos de filé de peixe marinados em vinagrete de limão.

O Risoto Boldró, à base de camarão, leva queijo brie e rúcula, e é o prato principal em destaque. As saladas também são outra boa opção, além dos petiscos – chamados “Laricas” – que o bistrô oferece, como as tapiocas salgadas e doces, gazpachos, sanduiches, wraps e samosa, exótico pastel indiano recheado com tomates, azeitonas, ricota, queijo minas e especiarias misteriosas.

IGUARIAS BRASILEIRAS

No empório da loja é onde está o espaço destinado para iguarias brasileiras. Ali é possível saborear castanhas vindas diretamente de Pernambuco, cachaças, chocolates Amma elaborados organicamente com amêndoas de cacaueiros plantados no sul da Bahia e vinhos Ventisqueros, importados pela Cantu.

O Pico dispõe de dois espaços abertos que servem de lazer para quem está no local. No lounge que fica nos fundos da loja, o cliente pode tomar uma cerveja Heineken ou escolher entre os drinks que estão no cardápio, enquanto assiste a um filme no cinema open air montado especialmente para esta área. Já na frente da loja há um lounge onde é possível saborear até mesmo um champanhe francês Pommerry.

No ambiente voltado para as artes, as xilogravuras de J. Borges tomam contam das paredes d’O Pico. O artista e cordelista, símbolo do estado de Pernambuco, fez especialmente para a loja treze xilogravuras exclusivas que estão disponíveis para venda. J. Borges também é responsável por toda identidade visual da loja. Foram elaborados por ele desde a logomarca até os desenhos do cardápio e as imagens que enfeitam souvenires da própria da loja, além de camisetas e chinelos.

A área voltada para a moda traz requinte e sofisticação de grifes nacionais e internacionais. Estão dispostas nas araras d’O Pico peças de marcas como Juliana Jabour, Totem, a italiana Lisa Corti – que investe em vestuário e decoração – e a Soul, que tem uma infinita gama de camisetas masculinas. As joias da artista plástica e designer Mana Bernardes, Raphael Falci e Francisca Botelho fazem parte das opções de acessórios para as mulheres.

O espaço também apresenta um mix descolado de peças de artesanato vindas diretamente de Pernambuco, do sul da Bahia e da cidade de Tiradentes, interior de Minas. A Arte em Escamas apresenta flores feitas com escamas de peixes que podem decorar a casa e também se transformam em acessórios como colares e anéis.

Serviço
O Pico

Onde: Rua Nice Cordeiro, S/N – Fernando de Noronha, PE
Info Tel: (81) 3619-1377
Funcionamento: de quarta a segunda-feira, das 13h a 1h


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.