Publicidade
Entretenimento
FRANCO-BRASILEIRO

Festa da Música Francesa vai propor intercâmbio entre brasileiros e franceses

A edição deste ano, realizada pela Aliança Francesa em Manaus, será no sábado (10), a partir das 19h, na sede da instituição, localizada na Rua Lauro Cavalcante, nº 250, no Centro 07/06/2017 às 05:00
Show bv0107 001f
(Foto: Divulgação)
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Uma noite para se sentir em Paris. A “Fête de La Musique” (Festa da Música), um dos eventos mais populares da França, anuncia a chegada do Verão. Comemorada no dia 21 de junho em todas as cidades francesas e países francófonos, a edição deste ano, realizada pela Aliança Francesa em Manaus, será no sábado (10), a partir das 19h, na sede da instituição, localizada na Rua Lauro Cavalcante, nº 250, no Centro. A entrada para essa festa com ritmo brasileiro no repertório é gratuita.

O diretor da AF, Davi Michel, explica que o evento é para todos. “Essa é uma festa democrática, onde todos podem participar. Não temos restrições de cor, raça, sexo ou credo religioso.  É uma festa com várias apresentações com muita música, é claro, mas também danças e uma praça de alimentação com comidas indianas e juninas”, disse.

O repertório da noite não inclui só músicas francófonas, pois segundo o cônsul honorário da França em Manaus, Dominique Chevé, a “Fête” é uma festividade para quaisquer ritmos. “É um momento de festa, onde pode ser tocado todo tipo de música, seja clássica, romântica ou as mais tocadas entre a juventude. Além de ser uma festa popular, ela é muito integradora, pois os participantes não são somente os cantores profissionais, mas também amadores”, disse Chevé.

Para o cônsul, a festa abre a possibilidade de unir as culturas. “Em 2015 realizamos o evento no Paço da Liberdade e compareceram mais de 1.500 pessoas em dois dias de festa. Não é um evento para gerar lucro, mas de difusão cultural. Ou seja, uma forma de desenvolver a cultura em geral e proporcionar um intercâmbio franco-brasileiro”, pondera.

Repertório diversificado 

Integram a programação a participação das cantoras Rebeca Leitão, Nay Silva, além dos instrumentistas  Timóteo Esteves e  Elis Green, os alunos e o coral da Aliança Francesa, além do grupo de hip hop “Nois na Cena”.

A cantora Nay Silva vai participar da Festa pela primeira vez. “Preparei um repertório  misto para a noite. Vai do lírico até a música popular, passando pelas clássicas e nordestinas, casando com a época de festa junina, além de francesas e amazônicas”, disse a cantora que teve sua primeira experiência como solista lírica, no recital Bradesco VI com o Madrigal da Casa de Música Ivete Ibiapina. 
Entre algumas das canções, destacam-se “Fascinação” de Elis Regina; “Amazonas Moreno” de Raízes Caboclas; “Vento Norte” de Arlindo Jr., e “Toada Baré” de Arnaldo Rebello.

Já o orquestrador Timóteo Esteves e a violinista Elis Green vão trazer ao palco MPB com instrumentais. Especialmente para o evento eles apresentarão uma música do Falamansa em francês. “A música fala sobre como o amor pode mudar o mundo. Vou cantar e tocar no violão, e a Elis  violino e triângulo, e nosso professor de francês, o Nicolau vai tocar uma zabumba. Juntamente conosco, a Yasmin Costa vai tocar o ukulele”, adiantou. 

Hip hop no palco

Por ser uma festa democrática, o evento vai contemplar outras artes. O grupo de dança “Nois na Cena” fará uma apresentação de hip hop especial. O atual vencedor do “Festival Break The Floor América Latina”, na modalidade “breakdance bboy”, disputado em Cannes, na França, trará ao evento um pouco do que foi apresentado lá. 

Publicidade
Publicidade