Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
FRANCO-BRASILEIRO

Festa da Música Francesa vai propor intercâmbio entre brasileiros e franceses

A edição deste ano, realizada pela Aliança Francesa em Manaus, será no sábado (10), a partir das 19h, na sede da instituição, localizada na Rua Lauro Cavalcante, nº 250, no Centro



bv0107-001f.jpg (Foto: Divulgação)
07/06/2017 às 05:00

Uma noite para se sentir em Paris. A “Fête de La Musique” (Festa da Música), um dos eventos mais populares da França, anuncia a chegada do Verão. Comemorada no dia 21 de junho em todas as cidades francesas e países francófonos, a edição deste ano, realizada pela Aliança Francesa em Manaus, será no sábado (10), a partir das 19h, na sede da instituição, localizada na Rua Lauro Cavalcante, nº 250, no Centro. A entrada para essa festa com ritmo brasileiro no repertório é gratuita.

O diretor da AF, Davi Michel, explica que o evento é para todos. “Essa é uma festa democrática, onde todos podem participar. Não temos restrições de cor, raça, sexo ou credo religioso.  É uma festa com várias apresentações com muita música, é claro, mas também danças e uma praça de alimentação com comidas indianas e juninas”, disse.



O repertório da noite não inclui só músicas francófonas, pois segundo o cônsul honorário da França em Manaus, Dominique Chevé, a “Fête” é uma festividade para quaisquer ritmos. “É um momento de festa, onde pode ser tocado todo tipo de música, seja clássica, romântica ou as mais tocadas entre a juventude. Além de ser uma festa popular, ela é muito integradora, pois os participantes não são somente os cantores profissionais, mas também amadores”, disse Chevé.

Para o cônsul, a festa abre a possibilidade de unir as culturas. “Em 2015 realizamos o evento no Paço da Liberdade e compareceram mais de 1.500 pessoas em dois dias de festa. Não é um evento para gerar lucro, mas de difusão cultural. Ou seja, uma forma de desenvolver a cultura em geral e proporcionar um intercâmbio franco-brasileiro”, pondera.

Repertório diversificado 

Integram a programação a participação das cantoras Rebeca Leitão, Nay Silva, além dos instrumentistas  Timóteo Esteves e  Elis Green, os alunos e o coral da Aliança Francesa, além do grupo de hip hop “Nois na Cena”.

A cantora Nay Silva vai participar da Festa pela primeira vez. “Preparei um repertório  misto para a noite. Vai do lírico até a música popular, passando pelas clássicas e nordestinas, casando com a época de festa junina, além de francesas e amazônicas”, disse a cantora que teve sua primeira experiência como solista lírica, no recital Bradesco VI com o Madrigal da Casa de Música Ivete Ibiapina. 
Entre algumas das canções, destacam-se “Fascinação” de Elis Regina; “Amazonas Moreno” de Raízes Caboclas; “Vento Norte” de Arlindo Jr., e “Toada Baré” de Arnaldo Rebello.

Já o orquestrador Timóteo Esteves e a violinista Elis Green vão trazer ao palco MPB com instrumentais. Especialmente para o evento eles apresentarão uma música do Falamansa em francês. “A música fala sobre como o amor pode mudar o mundo. Vou cantar e tocar no violão, e a Elis  violino e triângulo, e nosso professor de francês, o Nicolau vai tocar uma zabumba. Juntamente conosco, a Yasmin Costa vai tocar o ukulele”, adiantou. 

Hip hop no palco

Por ser uma festa democrática, o evento vai contemplar outras artes. O grupo de dança “Nois na Cena” fará uma apresentação de hip hop especial. O atual vencedor do “Festival Break The Floor América Latina”, na modalidade “breakdance bboy”, disputado em Cannes, na França, trará ao evento um pouco do que foi apresentado lá. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.