Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Vida

Festivais de Dança e Música se estendem à Parintins e Novo Airão

O lançamento dos eventos foi feito pela Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas (SEC-AM), por meio de seu titular, Robério Braga, na manhã desta quarta (24), no Teatro da Instalação, localizado no bairro Centro



1.jpg Programação dos festivais de Dança e Música foram anunciadas nesta quarta (24)
20/09/2013 às 15:43

A 5ª edição do Festival Amazonas de Dança (FAD) acontecerá entre os dias 30 e 31 de agosto e de 4 a 7 de setembro nos municípios de Manaus e Novo Airão, e o 4º Festival Amazonas de Música (FAM) será realizada em Parintins, no período de 25 a 20 de setembro. O lançamento dos eventos foi feito pela Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas (SEC-AM), por meio de seu titular, Robério Braga, na manhã desta quarta (24), no Teatro da Instalação, localizado no bairro Centro.

Festival de Dança homenageia docência artística

A 5ª edição do FAD traz homenagens a importantes nomes da docência artística na dança, como as professoras Ana Mendes, Rosiman Monteverde e o professor José Rezende, já falecido.

Serão investidos R$ 450.185,00 no festival, que trará como destaque o grupo de dança Roda Viva, da Paraíba. A companhia é composta por dançarinos cadeirantes. Além do grupo, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA) se apresentará ao fim do festival, em Novo Airão.

Apesar da descentralização do festival de dança para o interior, a abertura do FAD acontecerá nos dias 30 e 31 de agosto no Teatro Amazonas, às 19h. Em cada município se apresentam o total de 10 espetáculos por cidade, sempre com entrada gratuita. Já no período que compreende a segunda parte do festival, entre os dias 4 e 7 de setembro, o evento acontecerá na Quadra Municipal de Novo Airão, no centro da cidade.

Sobre a escolha de Novo Airão para abrigar o FAD, o secretário de cultura do Amazonas, Robério Braga, justificou que isso se refere à ampliação contínua do intercâmbio cultural entre os municípios. “No ano passado, a SEC promoveu uma oficina em Manaus, trouxe estudantes de lá para assistir aos espetáculos do FAD em Manaus, e agora está levando o festival para lá”, pontuou Braga.

Durante o encontro, o secretário falou sobre o projeto para a construção de uma praça de convivência com um anfiteatro em Novo Airão. "O Governo determinou a elaboração de um projeto de obra de uma praça que será um centro de convivência, contando com um anfiteatro, em Novo Airão. O projeto já foi desenvolvido por técnicos e engenheiros da SEC, e hoje está na fase de orçamento para licitação", pontuou.

Os interessados em efetuar inscrições para o FAD devem preencher um formulário no site www.editaisculturamazonas.com no período de 24 de julho e 9 de agosto. Após o preenchimento, o documento deve ser entregue ou enviado pelos Correios para o Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, em Manaus.

Festival de Música homenageia ícone da produção bumbá

O artista parintinense Sidney Rezende é o grande homenageado da 4ª edição do Festival Amazonas de Música (FAM), que fará ponte entre Manaus e o município de Parintins. A abertura do festival ocorrerá no dia 3 de setembro no Teatro Amazonas. No lançamento do evento, serão anunciados os candidatos classificados para esta edição, sob o show dos ganhadores da 3ª edição do festival.

Sidney é músico, compositor e produtor, e é responsável por assinar a produção dos álbuns dos bois Garantido e Caprichoso. No encerramento do FAM, previsto para acontecer no dia 1º de outubro também no Teatro Amazonas, trará os vencedores da 4ª edição do evento junto à apresentação de Rezende.

A novidade da 4ª FAM traz uma categoria nova, denominada Mostra Parintins. Nela, duas bandas e/ou artistas que tenham visibilidade na Ilha Tupinambarana serão premiados com R$ 1 mil cada, cujas apresentações estão agendadas para os dias 25 e 26 de outubro, no Centro Cultural Amazonino Mendes, o tradicional Bumbódromo de Parintins, que abrigará os demais dias de festival no interior do período de 25 a 28 de setembro.

Além da categoria Mostra Parintins, haverá também a Mostra Competitiva, onde serão selecionadas 30 músicas inéditas, cuja premiação varia entre R$ 3 mil e R$ 18 mil; a Mostra Não-Competitva, que selecionará quatro artistas ou bandas adeptas do trabalho autoral, cujo prêmio é de R$ 1,5 mil, com apresentação agendada para o dia 27 de setembro.

Na categoria Circula Manaus serão selecionados dois shows de artistas com peso musical em Manaus. O prêmio para a categoria é de R$ 7 mil, e os shows irão ocorrer nos dias 25 e 26 de setembro, em Parintins. Ao todo, são cerca de 43 apresentações em todo o festival, cujo investimento é de R$ 1,5 milhão.

Alguns artistas amazonenses opinaram acerca da interiorização do FAM. "Parintins é um celeiro de grandes artistas. Vai além das fronteiras do boi-bumbá, e sua produção musical vai além da toada", disse a cantora Lucilene Castro, do Fórum Permanente de Música do AM.

Já o músico Júnior Rodrigues afirmou que a Ilha Tupinambarana concentra qualidades musicais que não se restringem apenas às toadas. "É ótimo levar o Festival (de Música) para Parintins. Com certeza os músicos de lá vão aproveitar para mostrar outros ritmos. Além da toada, que é um estilo musical independente. Muitas delas falam dos bois de Parintins, mas podem falar de outros temas também", assegurou.

Os interessados em efetuar inscrições para o FAM devem preencher um formulário no site www.editaisculturamazonas.com no período de 22 de julho e 21 de agosto. Após o preenchimento, o documento deve ser entregue ou enviado pelos Correios para o Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, em Manaus, ou para o Centro Cultural Amazonino Mendes (Bumbódromo), em Parintins.

* Colaborou o repórter Jony Clay Borges

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.