Publicidade
Entretenimento
Vida

Festivais variados de música vão movimentar o Brasil durante 2013

Amazonenses se preparam para festivais de música durante todo o ano 10/03/2013 às 15:20
Show 1
Brasil tem festivais para todos os gostos
Mellanie Hasimoto Manaus (AM)

Festivais de música existem há muito tempo e, com as facilidades existentes hoje, muita gente se programa para ir aos grandes shows com antecedência, a fim de garantir uma experiência inesquecível. Sendo de qualquer tamanho, o importante, para muitos fãs, é poder ver seus ídolos um pouco mais de perto – e ao vivo.

No hemisfério Norte, festivais de música são sinônimo de verão. Aqui no Brasil, com as estações inversas às de lá, o pontapé inicial é um dos mais conhecidos, o Festival de Verão de Salvador, na Bahia. Entretanto, artistas nacionais e do mundo inteiro aterrissam no Brasil durante todo o ano.

O próximo grande festival, o Lollapalooza, acontece em São Paulo, nos dias 29, 30 e 31 deste mês e promete levar milhares de pessoas ao Jockey Club. Com atrações como Pearl Jam, The Killers, Franz Ferdinand, Queens of the Stone Age e mais outros 63 artistas, o festival vai, seguramente, receber um grande público amazonense.

“Eu gosto da atmosfera do evento em si, ouvir algumas das melhores bandas nacionais e gringas, sem muvuca e com segurança. Vale muito a pena”, diz o jornalista Victor Affonso. Frequentador de festivais como o próprio Lollapalooza e o SWU, Affonso se prepara primeiro checando o line-up.

“No ‘Lolla’ desse ano, quero ver Planet Hemp – que cancelou o show de dezembro em Manaus – e The Black Keys. Daí combino com os amigos, e é isso”, completou.

O jornalista ressalta, contudo, que alguns itens são de necessidade básica. “Festivais assim duram muitas horas, então vou preparado para qualquer clima. Bermuda, camisa, capa de chuva reserva, óculos escuros são obrigatórios”, indicou.

O empresário Rafael Rezz também está se preparando para ir ao Lollapalooza. “Curto o lance de festivais pois é uma ótima oportunidade de ver diversos artistas em um evento só. Geralmente são artistas representativos, que nem sempre podemos ver ao vivo. O ‘Lolla’ tem um lance mais alternativo, e por si próprio já nos cria vontade de ir”, disse, completando que está “louco para ver Toro Y Moi e o Foals”.

Rock in Rio

Já a cantora Anna Terra se interessou pelo line-up do Rock in Rio, que vai acontecer em setembro, na Cidade Maravilhosa. Com Florence & The Machine, 30 Seconds to Mars, John Mayer, Beyoncé e muitas outras bandas consagradas já confirmadas, Anna vai mesmo pelo dia dedicado ao heavy metal. “Já fui a alguns festivais, como o SWU e o próprio Rock in Rio. Mas confesso que, atualmente, gosto mais de shows menores, porque a agitação de um festival já não condiz com a minha idade”, riu a vocalista, que tem apenas 29 anos. “Só de pensar naquelas andanças, nas filas para o banheiro, para comprar cerveja... não dá”.

Porém, por Metallica e Iron Maiden, ela esquece tudo isso: “Aí não dá para perder, mas só vou se realmente gosto. Me interessei por Matchbox Twenty e John Mayer, mas ainda estou pensando”.

Publicidade
Publicidade