Publicidade
Entretenimento
SUSPENSO

Festival da Canção de Itacoatiara é suspenso por falta de documentos e itens de segurança

Justiça só liberou o evento de acontecer para evitar uma revolta da população, que aguardava o show da dupla sertaneja Maiara & Maraisa 06/09/2018 às 11:33 - Atualizado em 06/09/2018 às 19:40
Show 98 98b2e404 924f 4ad9 9b96 97351f31dd23
Foto: Arquivo A Crítica
Cecília Siqueira Manaus (AM)

O 33º Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani) foi suspenso pela Justiça do Amazonas na noite dessa quarta-feira (5), enquanto o evento já havia começado, por falta de documentos e itens de segurança no local de realização, o Centro Cultural Iracema Holanda. A decisão, tomada em liminar pelo juiz Rafael Rocha, da 3ª Vara do Tribunal de Itacoatiara, atendeu a um pedido do Ministério Público do Estado (MP-AM).

Ontem (5), o juiz Rafael Rocha só liberou o Fecani de acontecer para evitar uma revolta da população, que aguardava o show da dupla sertaneja Maiara & Maraisa – e também porque Centro Cultural Iracema Holanda, que estava com a capacidade esgotada, com a presença de 50 mil pessoas, não possui saídas de emergência.

Hoje, quinta (6), o Fecani continua suspenso até que a Associação dos Itacoatiarenses Residentes em Manaus (Airma) e a prefeitura do município revisem 26 itens de segurança no Centro Cultural Iracema Holanda. Caso haja descumprimento da decisão, foi estipulada uma multa de R$ 200 mil.

Conforme o Ministério Público, a Prefeitura de Itacoatiara se comprometeu em consertar falhas no local do evento ao longo desta quinta-feira (6), para tentar um pedido de reconsideração da Justiça e dar continuidade ao Fecani, que aconteceria até sábado (8).

De acordo com coordenador geral do Fecani, Manolo Olímpio, a decisão de suspender o festival é baseada no Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), emitido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas em maio deste ano e que, segundo ele, não corresponde com a realidade atual do Centro Cultural Iracema Holanda.

“Fizemos uma reunião, inclusive registrada em ata, com a presença de representantes do Corpo de Bombeiros e outros órgãos. Chegaram ao consenso que o lugar estava com 87% de aptidão para receber o evento. Esse embargo veio depois disso, então solicitamos uma reavaliação”, disse Manolo Olímpio.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) saiu de Manaus na manhã de hoje em direção ao município para emitir um novo laudo atestando ou não as condições mínimas de segurança do Centro Cultural Iracema Holanda.

Atrações nacionais

Além da dupla sertaneja Maiara e Maraísa, nomes como Frejat, Jorge Aragão e o grupo Revelação estão na programação do Fecani, que ocorre entre os dias 5 e 8 de setembro.

Publicidade
Publicidade