Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Buzz

Filha de Joan Rivers processa clínica por morte de comediante

Joan Rivers morreu aos 81 anos, devido a complicações em uma cirurgia nas cordas vocais que levaram a uma parada respiratória e danos cerebrais resultantes da falta de oxigênio



1.jpg Joan Rivers
27/01/2015 às 16:25

De acordo com a agência Associated Press, Melissa Rivers, filha de Joan Rivers, que morreu em setembro passado após complicações em uma cirurgia, entrou com uma ação contra a clínica Yorkville Endoscopy.

Joan Rivers morreu aos 81 anos, devido a complicações em uma cirurgia nas cordas vocais que levaram a uma parada respiratória e danos cerebrais resultantes da falta de oxigênio.



Após uma investigação, a Junta Médica da Cidade de Nova York determinou que a morte de Joan foi resultado de uma "complicação médica previsível". Segundo o site TMZ, o processo contra a clínica alega que Joan foi vítima de erro médico.

De acordo com o jornal "New York Daily News", Jeffrey Bloom, um dos advogados da família Rivers, acusou a equipe médica de agir de forma pouco profissional. 

"Se os doutores tivessem agido como médicos para Joan Rivers em vez de fãs, Joan Rivers ainda estaria fazendo o programa 'Fashion Police' na semana passada", disse Bloom.

*Com informações do UOL.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.