Publicidade
Entretenimento
CINEMA

Filme 'Sangre' ganha exibição neste sábado (20) no Cine Teatro Guarany

Longa metragem marca os 20 anos de carreira do cineasta manauara Tony Lee Jr., que lança sua 17ª produção 17/10/2018 às 01:34
Show zbv0816 03f 8a2d34cf 23b1 4894 b606 43e8ada858f9
Filme aborda temas complexos tais como fama, drogas e doenças da vida contemporânea (Foto: divulgação)
Hanne Assimen Manaus (AM)

Prestes a completar 20 anos de carreira, o cineasta manauara Tony Lee Jr. lança sua 17ª produção. O filme “Sangre” será lançado no Cine Teatro Guarany, anexo ao Palácio Rio Negro na avenida Sete de Setembro, no próximo sábado (20), às 18h, com entrada gratuida.

“Sangre – uma longa história contada com sangue”, narra a história de Nalberto do Vale, um jovem escritor de 18 anos, que fica famoso pelo seu último trabalho literário publicado, o livro Sangre, que fala de um conto sobre um vampiro que mata todos da cidade.

Ainda morando com sua mãe, Nalva do Vale, eles vivem uma vida pacata, até o livro se tornar esquecido  pelos seus leitores e acaba sendo rejeitado. Beirando o fracasso o rapaz passa a ser dependente químico, usando drogas pesadas, fazendo  com que seu psicológico crie um  personagem grotesco de um vampiro, o mesmo que amedronta as suas vítimas na história. Nalberto acaba levando essas mortes para a vida real. E agora Nalva do Vale tem que correr contra o tempo para salvar seu filho de algo muito pior.

O filme se passa em Manaus e foi gravado nas locações entre Centro e bairros do Educandos e Betânia. Uma história tensa, um drama, que mostra a relação das drogas com o vampirismo, que brota da doença que o escritor contraiu, onde se torna excêntrico e esquizofrênico, mostrando desde o início da ascensão da vida de escritor até sua decadência. “Sempre tive o gênero de terror como minha morada, meu refúgio para contar histórias”, exalta Tony.

Cinema na veia

Tony Lee Jr.  desde criança demonstrava o gosto pela sétima arte. Com 12 anos foi ao cinema pela primeira vez e sua paixão se concretizou. Iniciou sua carreira aos 14 anos, quando produziu e dirigiu seu primeiro curta metragem gravado totalmente em VHS chamado Vampiros dos Esgotos, em 1998. Depois produziu alguns micro curtas, todos filmados com câmeras analógicas.

Com formação em Publicidade e Propaganda, o cineasta Tony Lee Jr, 34 anos, completa 20 anos de carreira em novembro deste ano e desenvolve atividades de diretor, produtor e roteirista em produções autorais e como convidado. “Completo 20 anos de carreira em novembro, onde será comemorado com a remasterização do meu primeiro curta que foi gravado em VHS e transformado em digital”, adianta o jovem cineasta.

O cineasta conta que para suas produções, costuma se inspirar em filmes do mesmo gênero, tais como “A hora do espanto”, “Garotos perdidos”, “Fome de viver”, “Vamp”, e obras de Stephen King, escritor norte-americano, reconhecido por seus contos de horror-fantástico e ficção.

No início dos anos 2000 iniciou a carreira no cinema digital, com práticas de oficinas de cinema pela Amacine. Em meados de 2010 dirigiu um curta metragem experimental  chamado “Carne Viva”. Logo em seguida se envolveu em vários longas metragens e curtas, a maioria realizados pela produtora coletivo Star Filmes. Em 2014 criou sua própria produtora Tony Filmes, onde fez novos trabalhos de curtas e ainda forma várias pessoas para atuações de cinema.

“Desenvolvo projetos de atuação para cinema para crianças e adolescentes em comunidades de Manaus. Passo esse conhecimento para eles de forma gratuita, pois ver o sonho deles sendo realizado é o maior presente que posso ter”, destaca Tony.

Os filmes produzidos são: Vampiros dos Esgotos (1998), Orgia dos Vampiros (1999), Respira Manaus (2007), Carne Viva (2010), Faces da Vida (2010), Homofobia (2012), Carnificina (2011), Carne viva remake (2013),  Websérie Movimentos (2013), Sentimentos Catastróficos (2014), Olhar da Besta (2015),  Sangre (2016), Banhos de Sangue: o início de uma era sangrenta (2017), Mãe da luz (2017),  Vandrak (2018), Criatura do Novo Millenium (2018), A casa do último grito (2018), Visor (2018), Marcando território (2018). Para assistir os filmes lançados é só acessar o canal ‘Tonyfilmes’, no  Youtube.

Publicidade
Publicidade