Publicidade
Entretenimento
Vida

Filmes selecionados para o Amazonas Film Festival são divulgados

Ao todo, são quatro mostras competitivas: Internacional de Longa-Metragem, Curta-Metragem – Brasil, Curta-Metragem – Amazonas, Curta-Metragem – Amazonas e  Projeto Jovem Cidadão 07/10/2013 às 12:31
Show 1
Só em premiação o 10º AFF vai dispor de R$ 191.500,00, dos quais mais de R$ 154.500,00 mil serão só para contemplar vencedores do Amazonas
acritica.com Manaus

As produções selecionadas para as mostras competitivas do 10º Amazonas Film Festival foram anunciados às 22h desta sexta-feira (04), pela Comissão de Curadoria e sob organização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Sec). O evento acontece de 1 a 6 de novembro, em Manaus. (Veja as listas com filmes selecionados abaixo)

Ao todo, são quatro mostras competitivas: Internacional de Longa-Metragem, Curta-Metragem – Brasil, Curta-Metragem – Amazonas, Curta-Metragem – Amazonas e  Projeto Jovem Cidadão.

Os curadores Alfredo Calvino, Antônio Leal, Cervantes Sobrinho, Patrícia Marti, Rosângela Sodré, Saleyna Borges, Sérgio Cardoso e Tetê Mattos selecionaram os nove filmes da Mostra Competitiva Internacional de Longa Metragem. Entre eles, três produções brasileiras.

Já os curadores Rosângela Sodré e Tetê Mattos selecionaram 13 filmes pra compor a Mostra Competitiva de Curta Metragem Brasil, sendo selecionado apenas “Strip Solidão”, de Flávia Sampaio, como produção amazonense. No mais, há representantes do Nordeste, Rio de Janeiro, São Paulo, do Sul e até coproduções Sudeste/Norte.

A Comissão de Curadoria, composta por Guilherme Whitaker e Torquato Joel, selecionou 17 filmes para compor a Mostra Competitiva de Curta Metragem Amazonas. Destes, 16 são de Manaus e um é de Parintins.

O curador Thiago Morais selecionou os 11 filmes para compor a Mostra Competitiva de Curta Metragem Amazonas do projeto Jovem Cidadão. Nela, alunos de diversas escolas estaduais foram contemplados.

Prêmios

Só em premiação o 10º AFF vai dispor de R$ 191.500,00, dos quais mais de R$ 154.500,00 mil serão só para contemplar vencedores do Amazonas. Isso inclui também o VIII Concurso Amazonas de Roteiro Inédito para Produção de Filme de Curta-metragem Digital que para essa edição premiará R$ 127.500,00 para o roteiro vencedor.

Veja as listas dos selecionados abaixo:

Internacional de Longa-Metragem

Entre Nós, de Paulo Morelli (Brasil)

Il Futuro, de Alicia Scherson (Chile/Itália/Alemanha/Espanha)

Metro Manila, de Sean Ellis (Filipinas/Grã Bretanha)

Olho Nú, de Joel Pizzini (Brasil)

Pelo Mano, de Mariana Rondón (Venezuela)

Tatuagem, de Hilton Lacerda (Brasil)

The Lunchbox, de Ritesh Batra (Índia/França/Alemanha/EUA)

Wajma, de Barmak Akram (Afeganistão/França)

Mostra Competitiva de Curta Metragem Brasil

Curta-Metragem – Brasil

“Até o céu leva mais ou menos 15 minutos”, de Camila Battistetti (CE)

“Au revoir”, de Milena Times (PE)

“Colostro”, de Cainan Baladez, Fernanda Chicolet (SP)

“Contos da Maré”, de Douglas Soares (RJ)

“Faroeste – Um autêntico Western”, de Wesley Rodrigues (GO)

“Jessy”, de Paula Lice, Rodrigo Luna, Ronei Jorge (BA)

“Os irmãos Mai”, de Thais Fujinaga (SP)

“Pierre e a Mochila”, de Iuli Gerbase (RS)

“Quimera”, de Tarcísio Lara Puiati (RJ/RO)

“Quinto Andar”, de Marco Nick (MG)

“Sanã”, de Marcos Pimentel (MG/MA)

“Strip Solidão”, de Flávia Abtibol (AM)

“Terno”, de Gabriela Amaral Almeida, Luana Demange (SP)

Curta-Metragem – Amazonas

“A Lista”, de Rod Castro, Leonardo Mancini (Manaus-AM)

“A palavra de ordem é ocupar”, de Dheik Praia (Manaus-AM)

“Anos de luz”, de Aldemar Matias (Manaus-AM)

“Artistas - um espetáculo urbano”, de Ari Santos, Adson Queiroz, Abelly Cristyne, Daniel Soares (Manaus-AM)

“E as crianças continuam cantando”, de Dheik Praia (Manaus-AM)

“Eles podem voltar”, de Roberto Nazaré (Manaus-AM)

“Enquanto nós, vivos!”, de Fabiano Barros (Manaus-AM)

“Fora do eixo”, de Marcos Tubarão (Manaus-AM)

“Germes”, de Rafael Lima (Manaus-AM)

“Jardim de percevejos”, de Francis Madson (Manaus-AM)

“Lembranças do amanhã”, de Bruno Pereira (Manaus-AM)

“Noçokén”, de Liliane Maia (Manaus-AM)

“Papo de elevador”, de Emerson Medina (Manaus-AM)

“Um braço de rio no quintal”, de Dheik Praia (Manaus-AM)

“Um minuto de brasilidade, de George Augusto Silva de Menezes (Manaus-AM)

“Verdade nua e crua”, de Wagner Santinny (Manaus-AM)

“Watyama”, de Everton Macedo (Paritins-AM)

Projeto Jovem Cidadão

“Apenas um olhar”, de Jeferson Marques - Escola Estadual Maria de Lourdes Rodrigues Arruda (Manaus-AM)

“Autismo, de Jhon Carlos Nascimento dos Santos - Escola Estadual Maria de Lourdes Rodrigues Arruda (Manaus-AM)

“Copo com água”, de Lucas Araujo de Sousa - Escola Estadual Jorge Karan Neto (Manaus-AM)

“Dedos famintos”, de Lariza Costa Pedrosa - Escola Estadual Zilda Arns (Manaus-AM)

“Dia de aula, de Raquel Tavares - Escola Estadual Fueth Paulo Mourão (Manaus-AM)

“luzes e sombras”, de Lucas da Silva de Aquino - Escola Estadual Elira Pinheiro (Manaus-AM)

“O menino da meia amarela”, Elias Silva dos Santos Escola - Estadual Jorge Karan Neto (Manaus-AM)

“O vendedor de sonhos”, de Dercio Freitas de Abreu da Silva Escola - Estadual Jorge Karan

Neto (Manaus-AM)

“Para sempre”, de Maria Luysa Monteiro do Nascimento - Escola Estadual Santo Antônio (Manaus-AM)

“The Walking Baré”, de Daniel Seixas - Escola Estadual Letício de Campos Dantas (Manaus-AM)

“Tinha uma pedra”, de Rodrigo da Silva Bezerra - Escola Estadual Fueth Paulo Mourão (Manaus-AM)



Publicidade
Publicidade