Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
FOTOGRAFIA

‘Foto Inovar Amazônia’ reúne grandes nomes da área para palestras e oficinas

Congresso de fotografia será realizado hoje e amanhã no Teatro Manauara e abordará temas diversos



120_9493DD0F-FF17-411B-8D06-5926F4C0D24A.JPG Foto: Divulgação
10/03/2020 às 16:15

Pelo terceiro ano consecutivo, Manaus sedia o Foto Inovar Amazônia. Considerado um dos maiores eventos de fotografia no Brasil, o congresso, que acontece hoje e amanhã, no Teatro Manauara, contará com uma equipe de profissionais abordando os temas de fotografia mais desenvolvidos no País.

De acordo com um dos organizadores e participantes do evento, o fotógrafo Michell Melo, o Foto Inovar Amazônia 2020 terá cerca de 24 horas de programação com direito a oficinas e palestras sobre fotojornalismo, fotografia de gestantes e newborn, edição de imagem, marketing, pós produção e muito mais. 



“Cada palestrante será responsável por um tema, para compartilhar experiências sobre sua atuação na área”, afirmou Mello. Um dos destaques, conforme ele, é o Talentos da Amazônia. “Pela primeira vez, o Foto Inovar abriu um espaço para os profissionais da região exporem suas vivências, e eu sou um deles”, comentou.

Além de Michell Mello, que falará sobre fotojornalismo, também foram convidados Anne Lucy, que fará uma palestra sobre fotografia de parto, Bruno Castro e Mylcoln Monteiro, ambos com o tema casamento. “Outro grande nome desta edição é Araquém Alcantara, palestrando sobre fotografia de natureza”, ressaltou o fotógrafo.

Fotojornalismo

Há cerca de doze anos, o fotógrafo Michell Mello usa as lentes de sua câmera para captar as principais notícias do dia. Com uma vasta experiência no fotojornalismo amazonense, tendo passado pelas principais redações jornalísticas da capital, o profissional revela que o amor pela fotografia o faz enxergar as tarefas do cotidiano com uma certa “visão poética”.

“Durante meu tempo nas redações, pude verificar um pouco dessa transição tecnológica e como isso afetou o profissional de imagem. É por ele estar praticamente em extinção que busco esse resgate. Busco fomentar a fotografia, criar atividades e ressaltar a importância do repórter fotográfico”, afirmou ele.

Para Mello, o fotojornalismo está sustentado em três pilares: a notícia, a tecnologia e a poesia. “O objetivo é transmitir uma boa imagem que conte uma boa história, utilizando a tecnologia e conectando ela à poesia, de forma que a foto chegue de forma menos agressiva e crua. Ou seja, é usar a poesia da imagem para transparecer o meu olhar sobre a cena, é fazer com que a pessoa veja a cena com outros olhos”, concluiu o profissional.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.