Publicidade
Entretenimento
Vida

Fotógrafa paulista capta o comportamento e os looks dos nova-iorquinos

No blog Style Du Jour, Fernanda Calfat compartilha a experiência, e passeia por uma transição entre moda, urbanização, cultura e comportamento de Nova York 23/02/2015 às 13:38
Show 1
Americanos misturam o jeans com diversas peças diferentes e estilos
Laynna Feitoza ---

Como o maior polo cosmopolita do mundo, Nova York reúne dos mais variados e despojados habitantes. Algumas características, porém, parecem uní-los ainda mais. Uma delas são as roupas jeans, hoje foco da fotógrafa paulista Fernanda Calfat, que se dedica a registrar o cotidiano das pessoas a utilizar peças do tecido. No blog Style Du Jour, ela compartilha a experiência, e passeia por uma transição entre moda, urbanização, cultura e comportamento.

E de onde surgiu essa ideia? “Uma das colunas do blog que mantenho, o Style du Jour, traz os looks mais incríveis que encontro pelas ruas de New York, nos eventos de moda, restaurantes, museus, parques e outros lugares da cidade. Um dia percebi que grande parte dos looks eleitos tinha o jeans como peça básica. Comecei a separar essas imagens para criar um espaço só para elas”, conta.

Espaço

Mas a forma clássica de usar jeans não foi o único foco das lentes de Calfat. “Nas ruas, além dos looks que já buscava, comecei a procurar as produções feitas com os jeans. O americano tem um jeito muito diferente de usar essa peça; ele mistura com outros tecidos, texturas e acessórios e o resultado final é muito interessante. E o mais interessante é que no inverno o jeans também é a peça chave!”, declara.

Sobre as calças jeans mais populares entre eles, Calfat logo defende que são as destroyeds. “Eles simplesmente amam as calças jeans detonadas. Furadas, rasgadas, emendadas! Quanto mais intervenção tiver a peça, melhor. Aí eles usam com alfaiataria, t-shirts, estampas, couros e muitos acessórios para ter um visual diferente, moderno, único, personalizado, e altamente descolado”, completa ela, que afirma não saber precisar quais técnicas utiliza para fotografar. “Realmente não sei dizer! É muito intuitivo! Simplesmente o look me chama atenção por algum motivo, aí eu peço gentilmente para fotografá-lo e posiciono a pessoa de forma que o jeans seja destaque”.

Apresentação

Para a abordagem, Fernanda sai nas ruas e já vai entregando o cartão do blog para as pessoas logo entenderem que é um trabalho profissional. “Diferente do Brasil, aqui em New York as pessoas não têm medo de uma aproximação. Os nova-iorquinos são mais tranquilos que nós, brasileiros, a esse respeito. Eles não ficam achando que querem pedir ou vender algo e realmente prestam atenção quando falo com eles. Já recebi muitos ‘nãos’, mas a maioria diz sim!”, pondera.

Calfat fez uma exposição com suas fotos de moda em São Paulo, Nova York, Roma e Firenze, durante algumas bienais de arte. “Como trabalho com imagens de moda há 16 anos, tenho um vasto material sobre o assunto – de coberturas de desfiles a campanhas. Pretendo fazer uma exposição somente com minhas fotos de street style, mas não tenho nada programado ainda. Estou sondando algumas possibilidades e coletando mais material”, encerra.

Publicidade
Publicidade