Buzz

Fotógrafo indiciado por direção perigosa ao perseguir Justin Bieber

O fotógrafo, se acusado, pode passar até um ano preso e pagar multas

Redação UOL
25/07/2012 às 19:09.
Atualizado em 12/03/2022 às 07:13

(O cantor canadense Justin Bieber)

O fotógrafo tido como líder dos paparazzi que perseguiram Justin Bieber em alta velocidade no começo do mês em Los Angeles foi indiciado por direção perigosa, informou o site TMZ.

Se condenado, Paul Raef, de 30 anos, pode passar até um ano preso e pagar multas no valor total de cerca de US$ 3,5 mil.

De acordo com o site, esse é o primeiro caso que cai dentro de uma nova lei contra os paparazzi, que torna ilegal criar um situação perigosa enquanto seguir uma celebridade por lucro.

Na ocasião, o cantor chegou a ser multado por excesso de velocidade e chamou a polícia devido ao assédio dos fotógrafos.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por