Publicidade
Entretenimento
Vida

Fundado na cidade de Manaus, festival de dança Mova-se chega a Porto Velho em agosto

A capital de Rondônia receberá o evento de 7 a 9 de agosto, com programação no Teatro Estadual Palácio das Artes. Dois grupos já confirmados para se apresentar na cidade são Corpo de Dança do Amazonas (CDA) e Grupo MEME de Pesquisa do Movimento (RS) 16/06/2015 às 15:23
Show 1
O Corpo de Dança do Amazonas (CDA) apresentará o espetáculo “A Sagração da Primavera” em Porto Velho
Acritica.com Manaus (AM)

Desde sua criação, o Mova-se Festival de Dança: Solos, Duos e Trios incentiva o intercâmbio entre os artistas da área da dança. Esta sexta edição, a ser realizada de 12 a 16 de agosto em Manaus, contará com um braço em Porto Velho. A cidade receberá o evento de 7 a 9 de agosto, com programação no Teatro Estadual Palácio das Artes Rondônia. A entrada é franca.

Sobre a novidade, o idealizador do Mova-se, João Fernandes, explicou que esta já era uma vontade antiga. “Ano passado, nós fizemos um ensaio dessa proposta de levá-lo para outra localidade da região Norte, mas essa é a primeira vez que solidificamos essa ideia. A finalidade do Mova-se é promover o intercâmbio entre os artistas. Percebendo atividades não continuadas em outros estados, nós decidimos levar o festival para cada estado do Norte, com o intuito de se criar uma rede. Estamos com a expectativa de bons resultados e ótimas parcerias”, afirmou o gestor.

Trabalhos selecionados e fórum

As companhias já confirmadas para se apresentar na capital de Rondônia são Corpo de Dança do Amazonas (CDA), com o espetáculo “A Sagração da Primavera”, e Grupo MEME de Pesquisa do Movimento (RS), com o premiado “Teresinhas”.

A peça “A Sagração da Primavera” inspira-se no Ritual da Menina Moça, tradicional festividade dos povos do alto Solimões. A montagem, apesar de possuir características universais, apresenta muitos traços da cultura amazônica.

Buscando inspiração no texto de Vinícius de Moraes que, na visão do diretor, soube captar como poucos a essência feminina, o espetáculo “Teresinhas” oferece ao espectador uma reflexão sobre a mulher e suas escolhas. Inspirado no testemunho de sua mãe, Teresinha Machado Guimarães, o diretor e coreógrafo Paulo Guimarães leva ao palco os papéis de mãe, mulher, filha, amiga e companheira.

“Vamos ter um grupo regional e nacional, além de grupos locais no formato do festival em Porto Velho. Queremos fazer a ligação desses três diferentes olhares. Essas três realidades distintas da dança estarão na pauta do 2° Fórum NORTEamentos de Dança, dentro das atividades formativas do Mova-se. A ideia é que esse fórum seja realizado a cada ano num estado diferente da região Norte, sempre dialogando questões pertinentes para a dança”, disse Fernandes. 

A sexta edição do Mova-se Festival de Dança: Solos, Duos e Trios é realizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Banco da Amazônia e O Boticário na Dança, com apoio do Governo do Estado do Amazonas, Prefeitura Municipal de Manaus e Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O festival é uma realização do Casarão de Ideias, Cia de Ideias e Ministério da Cultura (MinC).

Na capital amazonense

No ano passado, o Mova-se contou com 20 espetáculos em sua programação, totalizando apresentações de mais de 200 artistas, e um público total de 5 mil pessoas distribuído em cinco dias de evento. O festival será realizado de 12 a 17 de agosto em Manaus, com programação no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação e em outros espaços públicos da capital amazonense, sempre com entrada franca.

Publicidade
Publicidade