Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
publicidade
publicidade

MÚSICA

Gaby Amarantos lança nova faixa carregada de empoderamento nomeada "Sou + Eu"

Em videoclipe colorido e representativo, a cantora comemora nova fase e se prepara para voltar aos palcos no dia 16 de junho na Casa Natura Musical


06/06/2018 às 06:00

Uma grande dose de autoestima para o público, é esse o presente de Gaby Amarantos para todos os que ouvirem sua nova música de trabalho “Sou + Eu”, lançada recentemente em seu canal no Youtube. Com todo o seu empoderamento, a cantora sempre foi uma mulher de opinião forte, e com a nova faixa não fez diferente, mostrando nela o que pensa sobre os padrões impostos pela sociedade. 

Com a letra, de sua autoria, a canção ganha versão em videoclipe e faz questão de valorizar o que há de bom e nem sempre é exaltado ou sequer lembrado no povo brasileiro. “É uma mensagem muito direta, simples, mas tenho certeza que muitas pessoas vão se identificar”, explica a paraense. O nome que leva a música tem explicação: “Cantar ‘Sou + Eu’ significa uma forma de você se libertar de padrões e reconhecer seu valor”, completa.

Gaby proporciona então uma experiência audiovisual muito divertida, com um clipe cheio de cor, movimento e gente brasileira.  “Vocês vão ver um monte de mulher empoderada. Todo mundo cantando ‘Sou + eu, sou + eu’ e se achando porque é isso que o brasileiro precisa, entender de onde veio e ter orgulho de onde veio”, ressalta a cantora.

No clipe há participação de negros, indígenas, além de mulheres que Gaby considera importantes para a representatividade.

Nova Gaby

De acordo com a artista, este é o seu primeiro trabalho do novo álbum que está por vir. “Eu encontrei minha linha de raciocínio como música e a motivação para falar de empoderamento e autoestima, tudo isso juntado as minhas cores do Norte e essa mania de ser feliz e alegre”, comenta.

Gaby conta que a gravação do clipe foi muito bacana porém cansativa e já nas últimas cenas se deu conta do tamanho do trabalho que estavam fazendo: “Começamos às 8h e gravamos até as 23h, na hora de gravar a última cena eu olhei para a Lua e pedi forças, já que aprendi com meus avós ribeirinhos que devemos pedir as coisas para a Lua que elas vão dar certo, e foi aí que eu vi que já tínhamos feito mais do que imaginávamos com o clipe e conseguimos mostrar que as mulheres não precisam ter vergonha da sua sexualidade”, diz. 

Abrindo agenda de shows a partir do dia 16 de julho, a cantora está animada e em busca de dançarinos indígenas. Isso tudo faz parte das influências que quer demonstrar. Podemos ver isso no final do vídeo, onde Gaby montou sua própria versão amazônica de Carmem Miranda: “Uso brinco de pimenta na orelha, material das erveiras do Ver-o-Peso, um boto-rosa na cabeça, penas, guaraná... Eu quis fazer dela a Amazônia, cresci admirando pessoas como Carmem, Clara Nunes por serem mulheres da montação e autênticas”, finaliza.

Clipe De Poder

Dirigido por Marcelo Sebá, o videoclipe conta com um elenco de peso, composto por negros e indígenas: “Quero normalizar isso. A minha escolha, junto com o Sebá, de convidar esse pessoal, com essa representatividade brasileira, foi uma das coisas que me deixou mais feliz nesse clipe. Essas pessoas são ícones para mim. Cada convidado tem uma história de autoestima, luta, vitória”, afirma Gaby. 

“O clipe é uma explosão intergaláctica de cores, sabores e brasilidade, como a própria Gaby. Uma celebração aos mais diversos tipos de beleza e uma exaltação à mulher brasileira, aquela que tem garra não depende de ninguém e tem que ser respeitada”, completa Marcelo. 

Entre os participantes vemos Gleici Damasceno, vencedora do BBB18, Jessica Ellen, Jonathan Azevedo,  ator que interpretou o traficante Sabiá na novela da Rede Globo “A Força Do Querer”, Rafaela Silva, judoca e campeã olímpica, aentre muitas outras personalidades de renome e história. Vale destacar a participação de Kapaí Kalapalo, Aruan Kaiowa e Tamikuã Txhi, indígenas de etnias brasileiras, com sotaque que mistura o nativo de suas origens com o português.

“Eu participei de toda a concepção e produção do clipe, dando dicas do que queria, eu tenho orgulho de ser do Norte, dos índios, da minha cultura e história. A Greice por exemplo, falo que ela é a cereja do bolo, já que é uma mulher vivendo um momento lindo e importante para o Acre. Amo o Acre e é muito incrível estarmos colocando o Norte no mapa”, comemora.

Frase

"Sempre quis manter a essência do Norte em meus trabalhos, e todo esse clipe, por exemplo, é muito nortista em vários e pequenos detalhes." Gaby Amarantos , Cantora

Saiba +

Estreia em São Paulo
O show de estreia na Casa Natura Musical, dia 16 de julho às 22h, com ingressos já à venda, será divido em dois blocos. O primeiro com músicas da carreira da Gaby, como os clássicos Ex-My Love e Xirley, além do lançamento de Sou + Eu. Em outros momentos, o Pará marca forte presença, com brega e lambada, e a cantora homenageia grandes divas com releituras de músicas afro-brasileiras. Entretanto, o ponto alto do show deve ser aquele em que Gaby apresenta versões feministas de funks.

Destaque

Gaby revelou ainda estar eufórica com a notícia da Miss Brasil 2018 ser do Amazonas. “É importante a gente ter essa beleza do Norte num concurso tão representativo, é isso que falta pra gente, representativa, somos mulheres da região”.

publicidade
publicidade
Com 4 faixas, 'Virtual' é o novo EP da cantora amazonense Kely Guimarães
Beyoncé lança documentário na Netflix e álbum sobre apresentação no Coachella
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.