Publicidade
Entretenimento
Vida

Gerações novas: jovens artistas na cena cultural

O BEM VIVER destaca nomes promissores da Literatura, Música e Fotografia 20/10/2013 às 11:32
Show 1
Priscila Lira já publicou obra digital
JONY CLAY BORGES ---

Talento é dessas coisas que não têm idade mínima: pode se manifestar na infância ou na juventude da mesma forma como na fase adulta. Vez ou outra, surgem no cenário cultural jovens artistas que surpreendem por apresentar uma maturidade que a maioria leva muitos anos mais para alcançar.

Exemplos assim existem tam bém em Manaus, e a equipe do BEM VIVER garimpou três deles: a escritora Priscila Lira, a cantora e compositora Jade Safirah e o fotógrafo Manuel Loayza. São novos e jovens talentos que, apesar da pouca idade, já trilham caminhos próprios e se destacam nos diferentes segmentos da arte a que começam a se dedicar. Nesta página, o leitor confere um pouco mais sobre esses nomes promissores da cena cultural da cidade!

O título engana

“Manual de feitiçaria” é, na verdade é um livro de poesia. Lançado no início do ano como ebook, o livro de estreia de Priscila Lira ajudou a chamar a atenção para essa autora de 22 anos. Não que seja seu primeiro escrito a vir a público: já há alguns anos ela vem publicando textos em blogs coletivos literários, como Escritoras Suicidas ou Germina Literatura. Nem a poesia é sua principal forma de expressão: sua produção basicamente é de contos de ficção, num estilo próximo ao realismo mágico. “Dizem as más línguas – ou as boas – que tenho influência de Gabriel García Márquez”, brinca. As narrativas falam da violência doméstica à morte, da existência até a abstração, e também recontam histórias de sua família, de origem ribeirinha. Quase toda a produção de Priscila está na Internet, onde estão também muitos de seus leitores, mas já chegou ao papel: seu conto “O barulho do mormaço” foi incluído na “Manaus, 20 autores”, recente coletânea com nomes como Vera do Val e Márcio Souza. E ela já iniciou uma série de contos inéditos, que vão compor seu primeiro livro de papel. Além da escrita, Priscila se destaca pela maturidade nas ideias: uma de suas preocupações, por exemplo, é o papel político do escritor no Brasil de hoje. “‘Qual a função da arte, a beleza ou a denúncia?’”, questiona ela, citando uma antiquíssima questão filosófica. E opina: “É uma questão em aberto (...) mas na conjuntura atual, é importante que a denúncia esteja associada à beleza”.

A carreira de Jade Safirah ainda é curta – começou oficialmente em 2011, com um show no Sesc Centro –, mas já segue na trilha autoral: com apenas 18 anos, ela só canta músicas próprias. O talento tem raízes: ela é filha do percussionista Tiê, falecido há poucos anos, e de Taniouska Souza, artista de várias expressões. E os amigos da família incluem nomes como Candinho, Inês, Antonio Pereira ou Lucinha Cabral. “Cresci num meio muito artístico, musical, com arte na minha família e com os amigos”, diz. Jade faz jus ao arcabouço cultural: suas canções, que falam de temas sociais e do cotidiano, misturam MPB, xote, maracatu e até folk. Como influências, ela cita Milton Nascimento, Marisa Monte, Sigur Rós e música francesa. Hoje, ela prepara o primeiro CD, “Sol”, que planeja lançar na Internet.

As câmeras já eram digitais quando Manuel Loayza brincava de fazer fotos no quintal de casa, aos 7, 8 anos. De lá para cá, Manuel fez cursos aqui e lá fora (New York Film Academy), inspirado na tia Darcyana Moreno Izel, cineasta e diretora de “Dark Amazon”. A aplicação rendeu frutos: imagens do cotidiano ribeirinho feitas pelo jovem, hoje com 16 anos, foram exibidas na recente Brazilian Week, em Nova York. Hoje, ele segue firme no sonho de se tornar fotógrafo e cineasta. “Pretendo estudar na Columbia University, em Nova York”, declara, decidido.

Saiba +

Na rede - Alguns contos de Priscila Lira estão nos blogs Escritoras Suicidas e Germina Literatura. O e-book “Manual de feitiçaria” pode ser baixado dos sites Scribd e Camaleo.

Show - Jade Safirah tem show marcado no dia 23 de novembro, no Sesc Centro, com participação de AnaBia Oliveira e Pereira.

Site - Algumas imagens de Manuel Loayza estão em: www. manueloayza. yolasite.com/.

Publicidade
Publicidade