Publicidade
Entretenimento
Lista da Forbes

Gisele Bündchen continua sendo a top model mais bem paga do mundo, diz Forbes

Bündchen tem renda anual de 30,5 milhões de dólares, segundo a revista. Em 2º lugar ficou a também brasileira Adriana Lima (10,5 milhões) e em terceiro Kendall Jenner, do clã Kardashian 30/08/2016 às 21:44 - Atualizado em 16/09/2016 às 20:11
Show gisele 1
As 20 modelos ganharam um valor total de 150 milhões em um ano (Reprodução)
Reuters

A supermodelo Gisele Bündchen permanece como a modelo feminina mais bem paga no mundo, com uma renda anual de 30,5 milhões de dólares, enquanto Kendall Jenner, do clã Kardashian, mais do que dobrou os seus ganhos, de acordo com lista de 2016 da revista Forbes nesta terça-feira (30).

Kendall Jenner, de 20 anos, integrante do reality show da família Kardashian, dividiu a terceira colocação, subindo da 16ª posição no ano anterior, e ela foi a que mais avançou na lista de 2016. A sua remuneração aumentou de 4 milhões de dólares em 2015 para 10 milhões de dólares em 2016, em parte por causa das parcerias com Estée Lauder e Calvin Klein, disse a Forbes.

Karlie Kloss, norte-americana de Illinois, de 24 anos, também ficou em terceiro e dobrou o seu rendimento para 10 milhões de dólares. A revista disse que ela teve mais campanhas do que qualquer outra modela na lista. Gisele Bundchen, 35 anos, ganha mais dinheiro do que qualquer outra modelo desde 2002 e mantém o padrão com acordos com a Chanel, Carolina Herrera e Pantene.

Em segundo lugar ficou a também brasileira Adriana Lima, com 10,5 milhões de dólares. Modelo da Victoria’s Secret há muito tempo, ela trabalha com Maybelline e com os relógios IWC.

A estreante na lista que atingiu a posição mais alta no ranking foi Gigi Hadid, na quinta colocação. Ela tem mais de 22 milhões de fãs no Instagram, e a Forbes disse que marcas como Maybelline e Tommy Hilfiger desejam alcançar o público dela.

As 20 modelos ganharam um valor total de 150 milhões de dólares entre 1° de junho de 2015 e 1° de junho de 2016. Os resultados incluem renda de cosméticos, perfumes, além de outros contratos, e têm como base entrevistas com gerentes, agentes e executivos de marcas.

Publicidade
Publicidade