Publicidade
Entretenimento
Vida

'Glorioso' traz cerca de 100 mil pessoas ao Largo de São Sebastião, em Manaus

Essa é a terceira edição do espetáculo, considerado um dos mais importantes do País e que neste ano homenageou um ícone da cultura do Amazonas, Américo Alvarez, conhecido artista “Vovô Branco” 25/12/2014 às 21:54
Show 1
Queima de fogos celebrou o Natal após o espetáculo "Glorioso"
OSWALDO NETO ---

CONFIRA A GALERIA DE IMAGENS

A magia do Natal ganhou forma, na noite desta quinta-feira (25), em Manaus. Com uma estrutura gigantesca montada no entorno do Teatro Amazonas, o concerto “Glorioso - Uma História Clássica de Natal” foi apresentado a um público de mais de 100 mil pessoas. Essa é a terceira edição do espetáculo, considerado um dos mais importantes do País e que neste ano homenageou um ícone da cultura do Amazonas, Américo Alvarez, conhecido artista “Vovô Branco”. 

Com dois palcos principais de 200 metros,  montados nas ruas Dez de Julho e Tapajós, vias que dão acesso ao Largo São Sebastião,  o público pode conhecer de perto a história do nascimento de Jesus sob o olhar de Américo Alvarez, incentivador da cultura amazonense na década de 60.  Na história de “Glorioso”, ele tenta sensibilizar o jovem Lucas, um menino que não identificava a importância do Natal.

A idosa Maria de Lourdes Medeiros, 96, foi uma das milhares de pessoas que foram conferir o show de cores. Acompanhada da família, ela fez questão de assistir a bisneta se apresentando. “Ela vai ser um beija-flor e eu tive que vir. Há três anos venho”, disse. “Enquanto Deus permitir ela vai vir por  muitos anos”, disse o filho, Dudu Bamond. 

As entradas para os 11 setores foram liberadas as 15h e 16 telões de LED foram espalhados por todo o perímetro. Para conseguir um espaço privilegiado, a chefe de cozinha Clécia Lima, 33, diz que o marido chegou ao Largo por volta das 14h. Ela afirma que o esforço dele valeu a pena. “Pudemos trazer nossa filha (Júlia) pela segunda vez. Ela está encantada, e nós também”, contou. 

Câmeras de monitoramento, 500 policiais, Corpo de Bombeiros e um esquema de segurança utilizado na Copa do Mundo FIFA fizeram do “Glorioso” um encanto para os olhos dos amazonenses. Segundo o Secretário  de Cultura, Robério Braga, o espetáculo de 2014 traz a característica de ser mais emotivo. “Estou profundamente emocionado porque sou cria do Américo.  Este ano o concerto é menos tecnológico, porém mais emotivo, mais coração e mais arte”. 

  Com 1h30, o show terminou com uma chuva de isopor fazendo alusão à neve e a performance dos 4 mil dançarinos.


Publicidade
Publicidade