Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
TECNOLOGIA

Google lança coletânea completa e original de Candido Portinari na web

Tour virtual de legado do ‘Pintor do Povo’ ganha espaço na plataforma Google Arts & Culture



portinari_F39D7CE8-4D2E-4E96-BE05-E25BF3DB1766.JPG
06/06/2019 às 22:01

A obra do pintor modernista Candido Portinari já pode ser conferida em um tour virtual na web, como uma herança expressiva de um dos artistas brasileiros mais aclamados do mundo.

Em uma parceria com seis instituições culturais, o Google lançou na noite do dia 5 de junho, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, uma retrospectiva inédita do artista, na plataforma Google Arts & Culture, onde é possível conferir mais de 5 mil obras de artes digitalizadas, além de 15 mil cartas e documentos do arquivo pessoal do artista, distribuídos em 20 exposições virtuais.

Esta é a primeira vez que uma coletânea completa de um artista brasileiro ganha tamanho destaque. O projeto Portinari, acompanhado de perto pelo seu herdeiro, João Candido Portinari, levou pelo menos dois anos para ficar pronto.

Algumas das principais obras estão expostas na Pinacoteca do Estado de São Paulo, mas a maioria está dispersa pelo mundo. Por isso, foi necessário fazer uma verdadeira cruzada para catalogar suas obras, uma vez que boa parte delas pertence a acervos privados que estão espalhados por continentes como América, África e Europa.

Até a icônica tela “Guerra e Paz”, que está exposta permanentemente na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (EUA), poderá ser vista em alta resolução na plataforma Google Arts & Culture. A gigante tela de 14 x 10 metros, que representa a degradação humana causada pela guerra, foi um presente do governo brasileiro à ONU e é considerada a obra mais importante de Portinari.

O usuário pode fazer um verdadeiro ‘tour virtual’, conhecendo com detalhes obras emblemáticas como Mestiço (1934), Lavrador de Café (1934) e Café (1935). A captura de cada detalhe foi feita pela Art Camera, uma câmera de altíssima resolução (gigapixel).

A casa do artista, localizada na cidade Brodowski, no interior de São Paulo, também incluída na retrospectiva virtual e pode ser acessada no Street View. A casa foi o local onde Portinari conduziu seus experimentos com pinturas murais e criou várias de suas famosas obras.

O pintor que flertou com o expressionismo e cubismo é famoso por suas telas que representam temas sociais, históricos, o trabalho no campo e na cidade, festas populares, infância, o folclore, a fauna e a flora brasileiras.

Joao Candido Portinari descreve que a compaixão com o próximo é o principal ingrediente do legado artístico de seu pai. “Um grande artista italiano disse que Portinari foi o pintor mais trágico do nosso tempo. Tem essa dicotomia ao longo de toda a trajetória dele: o diálogo entre o drama e a poesia, a fúria e a ternura, o lírico e o trágico”, revelou o filho dele, João Candido Portinari.

O artista paulista, filho de migrantes italianos, morreu em 1962, com 58 anos, envenenado com o chumbo de suas próprias tintas.

Arts & Culture

A Diretora de Operações do Google Arts & Culture, Luisella Mazza, explica que a plataforma para catalogar o acervo cultural chegou ao Brasil em 2012 e, atualmente, mais de 60 institutos culturais já estão com trabalhos digitalizados, como fundações, museus e galerias de artes, a exemplo da Pinacoteca (SP), Inhotim (MG) e acervos especiais do Museu Nacional (RJ)

No mundo, são mais de 80 instituições de cultura e arte em todos os continentes que estão representadas virtualmente pelo Google.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.