Terça-feira, 27 de Outubro de 2020
CULTURA

Governo do AM divulga resultado preliminar do edital 'Fica na Rede, Maninho'

Foram aprovados 93 projetos nesta fase preliminar, dentre projetos de música, artes cênicas, audiovisual, literatura, ações formativas e artes visuais



sec_4CAB99B0-B3ED-45F0-A31B-24B960A9130A.JPG Foto: Daniel Rodrigues/Secom
16/04/2020 às 19:36

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, divulga, nesta quinta-feira (16), o resultado preliminar do primeiro lote do edital “Fica na Rede, Maninho”, que selecionará propostas de conteúdo virtual e visa estimular a difusão de produções artísticas e de ações de capacitação durante o momento de crise ocasionado pela Covid-19.

Foram aprovados 93 projetos nesta fase preliminar, sendo 32 de Música, 24 de Artes Cênicas, 18 de Audiovisual, 8 de Literatura, 8 de Ações Formativas e 3 de Artes Visuais.



Confira a lista completa de aprovados no primeiro lote do edital

A partir desta sexta-feira (17), os inscritos que não tiveram seus projetos selecionados têm um prazo de até 3 dias para enviar pedidos de recurso.

O formulário de recurso está em anexo na aba “Editais” (Anexo VI) e deverá ser preenchido e enviado para o e-mail nucleodigital@cultura.am.gov.br, endereçados à Comissão de Avaliação Técnica e de Conteúdo Artístico do Edital Público.

O resultado final do primeiro lote está previsto para ser divulgado no dia 24 de abril. 

'Fica na Rede, Maninho'

As inscrições para o segundo lote do edital estão abertas até o dia 23 de abril. Já para o terceiro lote, as inscrições começam no dia 24 de abril, com prazo até 8 de maio.

Podem participar pessoas jurídicas e físicas, maiores de 18 anos, e cada proponente poderá inscrever até três propostas, sendo uma para cada lote. O edital e os anexos estão disponíveis na aba “Editais”, no Portal da Cultura. 

Realizado em caráter emergencial, o edital é uma das ações do Governo do Amazonas para o enfrentamento da crise na cadeia produtiva da cultura e economia criativa neste momento, e selecionará até 300 propostas. 

O “Fica na Rede, Maninho” abrange vídeos nas áreas de Artes Cênicas, Música, Artes Visuais, Audiovisual, Literatura e uma categoria denominada “Outras”, para projetos que envolvam duas ou mais linguagens artísticas, ou, que não se encaixem em nenhuma das modalidades na concepção do proponente.

O edital também contemplará ações formativas como vídeos teóricos e práticos nas diversas linguagens artísticas; uso de tecnologia, inovação, cultura, criatividade e sustentabilidade no âmbito da economia criativa; bem como ações de ofícios, como cenógrafo, maquiador, técnico de som, e outras atividades afins.

Os vídeos deverão estar no YouTube ou em repositórios digitais (Dropbox e Google Drive), ter no máximo 60 minutos e estar no formato MP4 ou similares. O conteúdo deverá ser gravado na melhor definição, em formato horizontal, e o link do vídeo deverá estar no corpo da proposta.

O vídeo poderá ser inédito ou já ter sido publicado e deverá conter na legenda a hashtag #FicaNaRedeManinho.

Para esclarecer possíveis dúvidas sobre as inscrições, os proponentes podem contar com o canal de atendimento disponibilizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, que funciona diariamente das 8h às 20h, por meio dos telefones (92) 99177-6442 (WhatsApp) e (92) 3232-5555, e do e-mail atendimento@cultura.am.gov.br.

Veiculação

Os links dos projetos selecionados serão disponibilizados no Portal da Cultura e aplicativo após a publicação do resultado final de cada lote.

Os vídeos também serão disponibilizados na TV Encontro das Águas em um programa com o nome do projeto, #FicaNaRedeManinho, de acordo com a grade de programação do canal.

Já as obras literárias enviadas cujos projetos forem selecionados serão disponibilizadas na Biblioteca Virtual do Amazonas.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.