Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
MÚSICA REGIONAL

Grupo Çapó representa o Amazonas em festival online

Com um som que traz influências do gambá, carimbó e boi-bumbá, grupo de Maués é uma das atrações do XX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros



793a6bb8-4227-463e-b64a-4da6553e1cd1_6A80ED37-F371-4FC3-AB4D-CA28C4F5657F.jpg Grupo Çapó se apresenta na sexta, 7 de agosto, a partir das 19h (horário de Brasília) com show repleto de influências amazônicas (Foto: Bruna Curcio)
30/07/2020 às 15:34

Levando a regionalidade amazônica sob influência do gambá - ritmo tradicional da região do Baixo Amazonas -, o grupo Çapó será o único representante do Estado a se apresentar na XX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, que este ano acontece de forma online entre os dias 25 de julho e 27 de agosto, com transmissão via YouTube. 

A apresentação do grupo está marcada para a sexta-feira, 7 de agosto, com início previsto para às 19h (horário de Brasília). Ao lado dos amazonenses, a noite ainda terá shows de outras duas atrações: O grupo Terno de Moçambique do Capitão Júlio Antônio (MG) e Geovana + 7 na Roda (RJ/DF).



Trazendo em seu espetáculo uma performance de composições instrumentais mescladas com as músicas tradicionais e populares do gambá, boi-bumbá e carimbó, o grupo Çapó promete levar o  público para uma viagem transcendental, dançante e de contemplação às sensações amazônicas.

“Estamos preparando um show com uma leitura contemporânea em base ao movimento cultural do gambá de Maués. Serão apresentadas as músicas tradicionais e autorais, assim como temas clássicos da região Amazônica e ainda, intervenções de dança e poesia”, explica o vocalista e produtor do grupo, o músico Rafha Mendonza.

Representando o Estado

Ao longo de 32 dias, mais de 27 atrações musicais de diferentes estados brasileiros se apresentarão no palco online do festival. Os artistas foram selecionadas por meio de um edital e passaram pelo crivo de uma curadoria especializada que analisou cerca de 378 inscrições. O grupo Çapó foi o único representante do Amazonas. Para Rafha, poder levar a bandeira da música amazônica em meio a tanta diversidade sonora é motivo de felicidade.

“É uma grande alegria podermos mostrar nossa música, nossa expressão, assim mesmo nossa cultura em um Festival tão importante, que está no seu vigésimo ano, por onde passam e passaram artistas de grande relevância para a cultura popular e a música brasileira de maneira geral. Recebemos a notícia maravilhados e estamos empolgados para fazer vibrar o tambor no ritmo do coração”.

Festival

Com 20 anos de existência, o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros costuma mobilizar artistas de todas as regiões do Brasil. Por conta da pandemia, este ano o festival será realizado pela primeira vez de forma online. Serão shows, bate-papos e oficinas transmitidos de quinta a domingo no canal oficial do evento no YouTube.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.