Publicidade
Entretenimento
TEATRO

Grupo CriAttor apresenta performance ‘Noiva Testosterona’ em temporada em Manaus

Inspirada em texto de Federico García Lorca, montagem dirigida e estrelada por Robson Ney Costa é encenada ao longo do mês de março 27/02/2018 às 15:35
Show noiva testosterona foto michael dantas sec  2
Foto: Divulgação
acritica.com

 

Os preparativos de um noivo e de uma noiva para o casamento impulsionam “Noiva Testosterona”, performance que o Grupo CriAttor apresenta nesta quinta-feira (1º), às 17h, na Casa das Artes, no Largo de São Sebastião, Centro. O trabalho está em temporada no local ao longo do mês de março, com apresentações sempre às quintas. Os ingressos custam R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada).

As apresentações do Grupo CriAttor contam com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), dentro da agenda do Programa Espaço Aberto.

Com direção, criação e atuação solo de Robson Ney Costa, “Noiva Testosterona” explora o comportamento de um noivo e de uma noiva em seus preparativos para o casamento, colocando em foco a dualidade homem-mulher. A performance é inspirada numa cena da peça teatral “Assim que se passarem cinco anos”, do espanhol Federico García Lorca (1898-1936).

“Ao ler o texto me identifiquei com a cena que abre o segundo ato. A cena do quarto da noiva, em que ela discute com a sua empregada. ‘Já disse que não! Quero um hábito cor de terra para esse homem; um hábito cor de rochedo nu com um cordão de esparto na cintura...’, diz a noiva. Foi a partir desses diálogos que criei  a performance”, conta Ney, que vem desenvolvendo o projeto há cerca de três anos.

Ela & ele

Na performance, Ney se reveza fazendo as vezes da noiva e do noivo: ele se vestindo, ela se maquiando, ele dançando, ela fazendo as unhas, ele bebendo com os amigos, ela vestindo o traje de noiva, e por aí vai. Cada transição é demarcada na trilha sonora, com canções populares para ele e a “Marcha nupcial” para ela, e na disposição dos objetos cênicos pelo espaço de encenação.

“A proposta é trazer à tona a questão do homem e da mulher, não como questão de gênero, mas da dicotomia entre noiva e noivo, que nunca se encontram”, diz o performer, que contrapõe coisas ‘de mulher’ e ‘de homem’ nas sucessivas mudanças de papel. “O homem liga muito pouco para o casamento, e nas cenas aparece bebendo, fazendo exercícios físicos, curtindo numa despedida de solteiro. A mulher não: ela está o tempo todo fazendo preparativos para a cerimônia”.

Ao longo da apresentação, o performer ainda interage com os espectadores – distribuindo cartas de um ‘baralho Kama Sutra’, como noivo, e pedindo assistência para fazer a maquiagem, como noiva, por exemplo. Além de Ney, a performance conta com a participação de Ismael Farias na sonoplastia e assistência de direção.

No Largo

Além de “Noiva Testosterona”, o Grupo CriAttor atualmente realiza temporada de apresentações do espetáculo “O Mendigo ou O Cão Morto”, sempre às sextas-feiras, a partir das 17h, nas escadarias frontais do Teatro Amazonas, no Largo de São Sebastião.

A montagem de rua é baseada na obra homônima de Bertolt Brecht (1898-1956), com direção de Neth Lira, sonoplastia de Ismael Farias e elenco formado por Robson Ney Costa e Gabriel Lummertz.

Trajetória

Ator, diretor, performer, produtor e professor, Robson Ney Costa é graduado em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Natural de Goiânia, fez parte do elenco de diversos grupos e companhias de Manaus, entre elas Metamorfose, Cia ArtBrasil e Cia de Ideias.

Fez parte ainda do Teatro Experimental do Sesc (Tesc), dirigido por Márcio Souza, tendo atuado em várias montagens do grupo, como“Sábados Detonados”, “A Paixão de Ajuricaba”, “As Mil e Uma Noites” e “O Fiscal Federal”. Realizou inúmeras viagens nacionais e internacionais, divulgando o teatro local pelos interiores do Amazonas e em algumas capitais brasileiras, indo até a França.

Robson Ney leciona aulas de teatro e oficinas em espaços como a Uatê, Iaska, Ateliê 23, Rede Amazônica, entre outros. Atualmente, faz parte do Grupo CriAttor, surgido no final do ano passado com a proposta de enfocar o trabalho do ator em montagens teatrais e performances. “O Mendigo ou O Cão Morto”, estreado no final do ano passado e ainda hoje em temporada, foi a primeira produção do grupo teatral.

Serviço

O quê: Performance “Noiva Testosterona”, do Grupo CriAttor de Teatro
Quando: quinta-feira, 1º de março, às 17h; temporada em todo o mês de março, sempre às quintas, no mesmo horário
Local: Casa das Artes, Largo de São Sebastião, Centro
Entrada: ingressos R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade