Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
IMG_0554_B0FC99C8-8279-4EB7-864C-B9CAA164060D.JPG
publicidade
publicidade

Teatro

Grupo Jurubebas de Teatro é selecionado para festival em Minas Gerais

Companhia de teatro amazonense será a primeira do AM a participar do Festival de Teatro de Guaranésia


18/03/2019 às 21:02

O espetáculo “Quarto Azul”, do grupo amazonense Jurubebas de Teatro, é uma obra que se alimenta da energia das “primeiras vezes”. Quesitos como o primeiro beijo, o primeiro encontro, a primeira discussão e a primeira relação sexual são temas que permeiam a peça. A montagem dos ineditismos vai ser apresentada, pela primeira vez, fora do Amazonas no Festival de Teatro de Guaranésia, que acontece de 30 de abril a 5 de maio em Minas Gerais. É a primeira vez que um espetáculo do Norte é selecionado para o circuito artístico.

O processo de seleção de “Quarto Azul” para ser apresentado no evento se deu a partir da análise do processo criativo e suas concepções cênicas, bem como o encaixe da peça na proposta do festival. “O FETEG 4º Ato tem como o tema de 2019 ‘Rir Para Não Chorar’, e a peça tem esse lado cômico em falar sobre as problematizações das relações humanas”, coloca o dramaturgo Felipe Maya Jatobá, que também atua no espetáculo. 

Sentimentos

O universo das “primeiras vezes”, na obra, é abordado de forma cômica e romântica. “Juntos os personagens descobriram suas reações ao entrar naquele quarto pela primeira vez. Compreendendo a escassa produção voltada para o público juvenil, ‘Quarto Azul’ se apresenta como uma história universal de amor”, pondera Felipe. 

O processo de criação da obra está estruturado na fusão do acontecimento e da encenação, com a criação de uma dramaturgia própria, inspirada em histórias reais dos integrantes do grupo. “Em tudo está o valor do sentimento, desde as histórias que se confundem com as nossas até as lembranças expostas numa grandiosa instalação que deixamos no palco. São personagens de vidas que acontecem todos os dias e que em ‘Quarto Azul’ ganham forma, cor e movimento”, destaca Maya. 

A cenografia da montagem conduz ao estilo ArtDecor, que dialoga com o expressionismo do plano americano, proposto e revelado pela iluminação cênica, tornando estes elementos provocadores do distanciamento, composição que propõe uma reflexão no espectador. “A peça acontece no formato corredor, plateia frente a frente, num primeiro encontro, como se dispusesse das formalidades estéticas para participar da construção da história dos personagens, de modo a ampliar a percepção das memórias fora da hiperrepresentação naturalista comuns a obras com essa temática”, comenta Jatobá. 

Sons

A trilha sonora da peça foi composta por Yago Reis. Felipe afirma que o elenco coletou as próprias histórias de vida e colocou num papel. “Ele musicou tudo e integramos ao espetáculo. A playlist do seu próximo álbum, intitulado ‘Virtude’, tem canções de amor presentes em ‘Quarto Azul’”, diz ele. 

“Quarto Azul” foi concebido a partir de uma história real. “Tudo começou quando eu e Kirk Thiago Pedroso, que assina a dramaturgia comigo, assistimos um espetáculo que nos deixou uma pergunta: “Se a humanidade acabasse, o que você gostaria que ficasse?”. Nós queríamos que ficasse a história do momento que vivíamos, o começo. Tivemos 3 temporadas da obra, com duas versões apresentadas. A que levaremos para o Festival de Guaranésia será a 2ª versão”, completa Felipe. 

Competição

O festival possui quatro categorias principais (Palco Adulto, Palco Infantil, Rua e Alternativo). “Quarto Azul” será apresentado na categoria “Alternativo” por ser encenado em uma espécie de corredor. Ao todo são oito montagens nesta categoria, onde três são de São Paulo, quatro do Rio de Janeiro e uma do Amazonas. Serão distribuídos 10 prêmios (Atriz, Ator, Diretor, Espetáculo, Figurinos, Cenografia, Trilha Sonora, Dramaturgia, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante). Serão premiados com R$3 mil os vencedores do prêmio de "Melhor Espetáculo". 

Ficha técnica

Dramaturgia -  Felipe Maya Jatobá e Kirk Thiago Pedroso 
Direção e Cenografia –  Felipe Maya Jatobá
Figurinos e Maquiagem –  Bárbara Lellis
Elenco –  Felipe Maya Jatobá e Marcos Santtini
Trilha Original –  Yago Reis
Iluminação e Fotografias –  Herberth Virgínio

publicidade
publicidade
Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro
Igreja Chama Church realiza Espetáculo Páscoa neste domingo (21)
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.