Publicidade
Entretenimento
TEATRO

Grupo Jurubebas de Teatro estreia espetáculo 'Menino TK' nesta quarta (23)

A peça será apresentada também na quinta-feira (24) no Teatro da Instalação, às 19 horas 22/05/2018 às 12:22 - Atualizado em 22/05/2018 às 12:55
Show juru
Fotos: Rafael Rodrigues e Herlam Pechar/Divulgação
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Um pássaro interplanetário chamado TK nasceu sem asas. A chegada da astronauta Laika pode mudar completamente o curso da sua vida, mas nem tudo é como se parece. “A gente traz logo de início um pássaro que tem uma deficiência. Ainda assim ele sonha em poder voar”, declara o diretor do espetáculo “Menino TK”, Felipe Maya Jatobá. A peça do Grupo Jurubebas de Teatro será apresentada nesta quarta (23) e quinta (24), no Teatro da Instalação, às 19 horas.

De acordo com Felipe, ao pensar no teatro para a infância, é difícil encontrar produções que falam diretamente sobre assuntos que parecem ser escondidos do público infantil, como a morte, o abandono e as formas de recomeçar a vida após uma perda. “Menino TK tem muito dessas questões que temos receio de problematizar quando falamos de infância. De forma lúdica e também provocativa, buscamos quebrar o estigma do teatro comercial infantojuvenil propondo uma pesquisa mais à fundo sobre essas questões a partir do ponto de vista da criança”, pondera o diretor.

Um personagem em voga no espetáculo é Laika, inspirada na cadela de mesmo nome que foi morta ao ser enviada como experimento pela União Soviética para a lua, na época da Guerra Fria. “A forma como ela foi morta é chocante. Um ser vivo não teve a possibilidade de lutar pela vida, pois acreditou na lealdade humana. O que teria acontecido se ela tivesse viva? A partir do olhar da criatividade infantil, nos perguntamos: se num universo paralelo ela estivesse viva e tivesse se tornado a primeira cadela astronauta? Assim ela aparece no espetáculo”, coloca ele.

Execução

O processo da montagem durou quase 1 ano, e partiu de uma pesquisa do grupo sobre a preparação física do ator. “Vsevolod Meyerhold foi um artista russo que desenvolveu um método de treinamento chamado Biomecânica, bebendo dos conceitos da física mesmo, mas aplicado a exercícios que buscassem formas criativas de utilizar o corpo para compor imagens. A partir daí a construção do espetáculo teve como base o corpo que esses atores foram criando e os subtextos foram sendo aprimorados”, pondera Maya.

Na história, aparecem quatro personagens: TK, o protagonista; Pépi, um pássaro que se torna amigo do protagonista; e Laika, interpretado por dois atores e cada um com uma identidade diferente (dia 23 apresenta-se um e dia 24 apresenta-se outro astronauta). “Dois filmes foram importantes para o processo, como o curta metragem ‘Pipper’, onde um filhote de pássaro aprende a sobreviver numa praia, e o longa ‘Procurando Nemo’, que vive o pesadelo de ser tirado do convívio do pai para viver num aquário e ele tem uma barbatana menor que a outra”, completa o diretor.

Ficha

Direção, Dramaturgia, Figurinos e Maquiagem - Felipe Maya Jatobá
Assistência de Direção, Pesquisa Musical e Produção - André Angeli
Iluminação (concepção) - Herberth Virgínio
Operação de Iluminação - Saile Moura
Elenco - Caio Muniz, Herberth Virgínio, Victória Muller e Ton Brasil
Comunicação Visual - Rafael Rodrigues
Fotografias - Herlam Pechar e Rafael Rodrigues

Serviço

O quê: Espetáculo “Menino TK”, do Grupo Jurubebas de Teatro
Quando: dias 23 e 24 de maio, às 10h
Onde: Teatro da Instalação, na rua Frei José dos Inocentes, s/n, Centro
Quanto: R$ 10 (meia)

Publicidade
Publicidade