Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
CULTURA

Grupo paraense lança releitura de 'Sinhá Pureza' com batidas eletrônicas

Versão do grupo Várzea Wave também conta com videoclipe, publicado no YouTube. Iniciativa pretende expandir para outros estados da região



WhatsApp_Image_2020-07-24_at_17.22.01_F8CA2D16-4D73-4CB8-B86D-9A7CB0ED9C33.jpeg Foto: Divulgação/Várzea Wave
24/07/2020 às 17:28

As batidas dançantes e envolventes da canção 'Sinhá Pureza', de Pinduca - o rei do carimbó - ganharam uma releitura na versão do grupo santareno Várzea Wave. O vídeoclipe da produção está disponível no YouTube.

Segundo o idealizador do projeto, Diego Farias, o Várzea Wave consiste na produção de releituras de clássicos da música popular regional interpretados por artistas da nova geração e aliados a uma produção audiovisual, que pretende mostrar novas e atuais imagéticas ressaltando a beleza da nossa região.



"Eu fazia remixes de músicas regionais, e achava interessante essa junção de ritmos modernos com ritmos regionais. Certa vez eu visitei uma área ribeirinha e tinha um grupo musical se apresentando, quando uma senhora começou a se apresentar com esse grupo. E foi aí que surgiu essa ideia", conta.

O nome do projeto faz menção às áreas de várzea do oeste paraense banhadas pelo rio Amazonas. A iniciativa surgiu em Santarém, no Pará, mas pretende expandir para outros estados da região Norte, incluindo o Amazonas.

Segundo Farias, além das releituras de clássicos da região, a ideia é mostrar as músicas compostas pelos ribeirinhos da Amazônia, "mostrando a cara deles, onde eles vivem, como é a vida nesses lugares".

Segundo o produtor executivo do Várzea Wave, Vinícius Villare, o projeto também tem uma faceta de pesquisa musical, sempre ressaltando a cultura e a música popular dos povos periféricos.

"A gente quer fazer essa pesquisa musical das regionalidades locais, mas também pensar na galera que tá nas periferias. Quando eu falo periferia eu falo em ribeirinhos, na galera que tá afastada dos centros e da capital, dos interiores. Porque esses lugares também têm gente que faz arte", ressalta.

"A gente pretende apoiar esses artistas, ser uma label de artistas da região Norte, onde a gente possa ter conteúdos de vários estados da região, sempre exaltando a musicalidade e a beleza natural da nossa localidade", conclui.

Sinhá Pureza

Para a versão de 'Sinhá Pureza', o grupo paraense convidou o cantor Jow Pierre, que já faz parte da cena local de Santarém há seis anos e é músico independente da Nova Música Popular Brasileira.

A releitura da canção de Pinduca traz uma pegada new wave pop, mesclando o regional com batidas eletrônicas. A música contou com arranjos e produção audiovisual de Diego Farias. 

O grupo adiantou que já tem três novos trabalhos a serem lançados em breve. Assista à versão de 'Sinhá Pureza', do grupo Várzea Wave:


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.