Sábado, 20 de Julho de 2019
Vida

Grupos do AM representam o estado no Festival de Dança de Joinville

Ambos farão apresentações na categoria “Palco Aberto”, ou seja, não participam da mostra competitiva oficial do festival, porém passaram por um rigoroso crivo para garantir um lugar ao sol



1.jpg Mais de 560 grupos de todo o Brasil foram selecionados para subir aos palcos do festival
16/05/2013 às 09:34

Dentre 2.166 coreografias de 560 grupos oriundos de  mais de 22 estados brasileiros, o Amazonas triunfou. Dois representantes da capital baré estão garantidos na 31ª edição do Festival de Dança de Joinville, marcado para ocorrer 17 a 27 de julho. O evento conta com o prestígio de ser considerado o maior festival mundial do gênero, atestado pela Guinness Book desde 2005.

Os contemplados foram os grupos The Fusion Dance Norte Fitness Company e La Salle Cia de Dança. Ambos farão apresentações na categoria “Palco Aberto”, ou seja, não participam da mostra competitiva oficial do festival, porém passaram por um rigoroso crivo para garantir um lugar ao sol. Os palcos abertos são instalados em espaços não-convencionais, como praças, hospitais e shopping centers na área central e nos bairros da cidade.

Mesmo já na condição de veterana no festival, a La Salle Cia de Dança recebeu com felicidade o resultado da seletiva. De acordo com a professora de dança Natasha Oliveira, a importância de um evento desta magnitude é fundamental, da feita que promove intercâmbio de experiências e funciona como vitrine para os talentos ainda desconhecidos.

“Há uma intensa troca experiências com grupos de outros estados e de outros países, bem como palestras, discussões, cursos com os melhores profissionais do mundo”, comenta Natasha.

A La Salle Cia de Dança será representada por Gandhi Tabosa, 23 anos no solo masculino e Heloisa Judite, 16 anos no solo feminino. Segundo Natasha, o grupo ainda está na dependência de patrocínio para passagens, transporte e estadia em Joinville.

Abrangência

Criado em 1993, o Festival de Dança de Joinville reúne anualmente mais de seis mil participantes diretos e atrai público superior a 200 mil pessoas numa média de 170 horas de espetáculos, números que lhe garantiram menção no Guiness Book, o livro dos recordes.

O estado amazonense já participou anteriormente na mostra competitiva, inclusive, ganhando lugar de destaque na 28° edição do evento quando a La Salle Cia de Dança competiu na modalidade Dança de Rua – Solo Masculino – Avançada, com a performance de Fernando Castelo Branco.

Este ano, apesar de atuar fora da competição oficial, os grupos de dança guardam consigo a obrigação de fazer bonito para continuar mantendo a dança amazonense sob os holofotes nacionais - e internacionais, dado à grandeza do festival.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.