Publicidade
Entretenimento
GASTRONOMIA

Hambúrgueres de tambaqui e pirarucu chegam aos cardápios de Manaus

Chefs da capital repaginaram o tradicional sanduíche usando ingredientes bem amazônicos 23/11/2018 às 15:05 - Atualizado em 24/11/2018 às 12:09
Show  dsc2844 7c7e6332 fa5e 4836 9d92 f0994ead79f4
Prato é oferecido no restaurante Caxiri, no Centro da cidade (Ivan da Câmara/Divulgação)
Rosiel Mendonça Manaus (AM)

Prato ideal para as mais diversas ocasiões, o hambúrguer é queridinho por sua praticidade, suculência e mix de sabores. Ícone da culinária norte-americana, embora seja de origem de alemã, o sanduíche ganhou o mundo e foi sendo incrementado aos poucos aonde chegou. Hoje, além da receita tradicional com carne bovina, ele pode ser encontrado em versões que utilizam carne de frango e até numa variante bem mais amazônica: com carne de peixes da região.

O sanduíche com o ingrediente regional é uma das apostas do restaurante Caxiri, localizado no Centro. Criado pela chef Débora Shornik, o cardápio do local agora tem um hambúrguer de tambaqui (R$ 52), servido com feijão verde e cebolas caramelizadas no pão de açaí, além de patacones e aioli de tucumã e chicória.

O prato nasceu do desejo de uma paulista que mora no Amazonas, como brinca a chef Débora. “Tive contato com o tambaqui, que é um peixe muito saboroso, e daí surgiu a ideia”, explica. “É um hambúrguer bem fresco, grelhado na brasa a carvão, então acaba tendo um sabor único. Para substituir a batata frita, incluí os patacones, que são feitos de banana”.

O tambaqui também é a estrela do X-Curumim (R$ 12,90), o hambúrguer de peixe do Merendeiro, um anti-restaurante com alma de foodtruck e sabor de casa, como eles se definem. O espaço funciona na garagem de uma casa no Parque 10 e completa um ano no próximo dia 27. “Senti a necessidade de um prato que tivesse a ver com a região, mas sem ficar preso ao tucumã, até porque já temos o nosso X-Caboquinho no cardápio”, comenta o chef Tarcísio Maia.

Segundo ele, o X-Curumim veio como uma desconstrução generosa que deu super certo entre os clientes. “Compro o picadinho de tambaqui in natura e eu mesmo preparo o hambúrguer, que acompanha molho de camarão, queijo coalho, vinagrete e banana pacovã. Sanduíche simples, mas com sabor muito bom”.

Por enquanto, o Merendeiro não participa de eventos e prefere priorizar o atendimento mais caseiro. Tarcísio recomenda apenas que os clientes entrem em contato com antecedência para consultar os lugares disponíveis no local ou até mesmo adiantar os pedidos. Mais informações pelo número (92) 98101-5128.

Mais opções

No restaurante Caboquinho, do chef Felipe Schaedler, o fã de hambúrguer tem três opções com carne de peixe: Pirarucrisp (filé de pirarucu empanado, banana frita, queijo coalho e alface – R$ 20), Tambaca (filé de tambaqui, alface, tomate, queijo coalho e cebola salteada com shoyu – R$ 19) e Xisbata Cheddar (filé de Pirarucu empanado, queijo coalho e queijo cheddar – R$ 23). Fica na praça de alimentação do Manauara Shopping.

A pedida no Waku Sese do Vieiralves é o Caboquinho Tambaqui Fish, que custa R$ 19,90. Ele leva 100g de hambúrguer de tambaqui, banana pacovã, queijo mussarela, tomate, alface, e ainda acompanha molho rosê, parmesão ou de cupuaçu levemente picante.

Serviço

Caxiri
Onde: Rua 10 de Julho, nº 495, Centro
Quando:  Segunda, de 11h30 às 15h; terça a sábado, de 11h30 às 15h e 19h às 23h; domingo, de 11h30 às 16h

Caboquinho
Onde:  Manauara Shopping
Quando:  Segunda a sábado, de 10h às 23h; domingo e feriados, de 12h às 22h

Merendeiro
Onde: Estrada dos Japoneses, nº 19, Casa 1, Parque 10
Quando:  Quinta a Domingo, 19h às 23h
Reservas (92) 98101-5128

Waku Sese
Onde : Rua Rio Purus, nº 260, Vieiralves
Quando:  Segunda a sábado, de 10h a 0h; domingo, de 15h a 0h

Publicidade
Publicidade