Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Homenagens ao cantor David Bowie vão de lançamento de livro a blocos de Carnaval

“Camaleão do Rock” morreu há um ano e deixou legado artístico que será sempre lembrado nessa época do ano 10/01/2017 às 09:57 - Atualizado em 10/01/2017 às 11:12
Show cr dito para arquivo pessoal de eduardo kobra   mural de david bowie por eduardo kobra1
O artista brasileiro Kobra pintou mural em homenagem a David Bowie em Jersey City (EUA)
Rosiel Mendonça Manaus (AM)

No último domingo, David Bowie faria 70 anos de idade, e nesta terça-feira o artista volta a ser lembrado por milhares de fãs ao redor do mundo. Isso porque foi nesse dia, há exatamente um ano, que o “Camaleão do Rock” nos deixou para ingressar em dimensões desconhecidas, quem sabe em Marte ou outro ponto da galáxia.

Por aqui, pode-se dizer que a banda amazonense Blackstar Project é um dos muitos legados de Bowie. Criado no ano passado exclusivamente para a apresentação de um tributo ao artista, o grupo decidiu seguir com a formação e promete novas apresentações nos próximos meses.

“Nós nos juntamos para o show que a Orquestra de Câ- mara do Amazonas e o maestro Marcelo de Jesus realizaram no Teatro Amazonas, alguns meses após a morte do Bowie. Gostamos da experiência e resolvemos permanecer juntos”, conta a violinista Elena Koynova.

Em novembro, um novo show aconteceu no Porão do Alemão, dessa vez sem a orquestra, e na ocasião o artista também foi homenageado ao lado de Freddie Mercury, com quem compôs “Under pressure”, hit da banda Queen.

Para Elena, a formação da Blackstar Project é um diferencial, abrindo a possibilidade de a banda variar o repertório e se engajar em apresentações fora do comum: ao todo, são três vocalistas, dois bateristas, dois guitarristas, um baixista e uma violinista.

“Acho que essa é a maior influência do Bowie, porque ele não era apenas um músico ou roqueiro, era um artista”, diz a musicista búlgara, que é fã de Bowie desde a adolescência. “Eu ouvia as músicas deles sem me dar conta, até que vi os filmes com ele e comecei a descobrir quem era”.

Lançamentos

No dia do aniversário do compositor britânico, a gravadora Columbia lançou o EP “No Plan”, que traz três músicas inéditas presentes no musical "Lazarus”.Acompilação inclui as faixas póstumas “No Plan”, “Killing a Little Time” e “When I Met You”, além de “Lazarus”, lançada no último disco de Bowie, “Blackstar”.

Na quinta-feira, também estreia no Rio de Janeiro uma có- pia restaurada do filme clássico “O homem que caiu na Terra”, de 1976, dirigido por Nicolas Roeg, em que Bowie interpreta o protagonista - um alienígena, Thomas Jerome Newton, recém-chegado à Terra em busca de água, a salva- ção para o seu planeta de origem. Distribuído pela Zeta Filmes, o longa será exibido no Instituto Moreira Salles (IMS), no Espaço Itaú Botafogo, no Circuito Net Estação e no Cine Arte UFF.

Outro lançamento que vem na esteira da saudade é a coletânea de crônicas “Troco a bituca por duas jujubas”, do jornalista carioca Marcos Araú- jo, inspirado em um encontro que teve com o próprio Bowie quando ele esteve no Rio para a turnê “Earthling”, em 1997.

Marcos pediu ao músico a bituca de cigarro que ele jogava fora numa lixeira do Galeão, oferecendo em troca duas jujubas - a única coisa que trazia nos bolsos. O causo virou uma crônica, que acabou se transformando em um livro com outros textos sobre encontros curiosos.

#CarnaBowie

David Bowie também combina com Carnaval! Isso é o que provam alguns blocos e bandas criadas no ano passado e que terão repeteco na folia de 2017. Uma dessas iniciativas promovidas por fãs do artista é o bloco “ZiriGGYdum STARDUST”, que sai em Belo Horizonte.

Também está marcado para a Terça-feira Gorda, dia 28, a segunda edição do bloco “Tô de Bowie”, no Rio de Janeiro. A concentração será na Praça Princesa Isabel, no cruzamento das avenidas Rio Branco e Duque de Caxias, e serão cinco horas de folia pelas ruas cariocas.

Em Olinda, que tem uma dos carnavais mais concorridos do País, a homenagem fica por conta do bloco “Bumba meu Bowie”, que já fez até um esquenta no fim de semana passado.

Publicidade
Publicidade