Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Vida

Humor em alta no palco do Teatro Direcional

Os espetáculos “Socando a Bucha” e “Revive” são os destaques deste final de semana na casa de espetáculo, em Manaus



1.jpg Matheus Ceará é uma das atrações do Teatro Direcional neste fim de semana
24/09/2013 às 21:54

O humor vem se mostrando, aos poucos, como sendo um dos estilos favoritos do público de Manaus. Prova disso é que, somente neste final de semana, dois espetáculos do gênero são destaques no Teatro Direcional (Manauara Shopping, piso Buriti). “Socando a Bucha”, de Matheus Ceará, ator do humorístico “A Praça é Nossa”, e “Revive”, de André Lucas, filho de Chico Anysio, invadem o palco do anfiteatro no sábado e domingo, respectivamente.

Na montagem que abre a dobradinha cômica, Ceará é o típico matuto que conquista a simpatia da plateia através de suas análises bem-humoradas dos contratempos do dia a dia. Considerado uma das principais revelações

da comédia brasileira, o humorista dá vida a divertidos personagens, como é o caso do bêbado Chico Manguaça, e faz imitações de grandes cantores do País, como Maria Bethânia, Belchior e Cazuza, além do Rei do Rock Elvis Presley.

Os ingressos para o show, que já rodou as cidades de Campo Grande, Curitiba e Fortaleza, entre outras, já podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Direcional. Os passaportes custam R$ 50 (plateia VIP, meia-entrada) e R$ 35 (plateia comum, meia-entrada). Para mais informações: (92) 3342-8030 ou www.teatrodirecional.com.br.

Tributo

Já o espetáculo de domingo deixa de lado as peculiaridades do Nordeste e presta uma homenagem a um dos maiores humoristas brasileiros, Chico Anysio. Comandada por André Lucas, filho de Anysio e mais conhecido pelo personagem Seu Aranha, da “Escolhinha do Professor Raimundo”, a montagem “Revive” é uma coletânea das melhores histórias, piadas e números interpretados durante 50 anos pelo homenageado.

Durante 1 hora e 15 minutos, Lucas tem a árdua tarefa de fazer jus ao trabalho do pai, num show considerado “uma terapia total de riso, onde a energia é jorrada em todas as direções”. Com um alto astral que chama a atenção, o ator mostra o cotidiano da vida em forma de humor inteligente e lapidado, característico de Chico Anysio.

“É um espetáculo solo, com piadas e histórias famosas. Vou interpretar personagens como o jogador de futebol Coalhada, Azambuja, Pantaleão e Santelmo. Além disse, ‘Revive’ possui quadros com a participação, em áudio, de Marília Pêra, Antônio Fagundes e Flávia Alessandra”, revelou Lucas ao A CRÍTICA. “São 209 personagens, então coloquei os que o público mais conhece e gosta”, justificou.

A sessão na capital amazonense marca a estreia da montagem no País, escolha feita a dedo pelo ator. “Faço teatro desde 1987 e o primeiro lugar em que apresentei uma peça fora do eixo Rio-São Paulo foi Manaus. Gosto muito do público manauara, então fiz questão que fosse aí”, ressaltou. Depois de passar pela terrinha, Lucas segue com “Revive” para Teresina, São Luís e Rio de Janeiro. “Meu objetivo é rodar o País com o espetáculo por uns três anos”, encerrou. Assim como “Socando a Bucha”, os ingressos para “Revive” podem ser encontrados na bilheteria do anfiteatro. As entradas custam R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia).

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.