Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
PÁSCOA

Igreja realiza musical 'Via Crucis: A Marca do Sangue' neste sábado (20)

Com duas horas de duração, o espetáculo será dividido em 11 blocos. Serão apresentadas encenações e músicas sobre os últimos momentos de vida de Jesus



musical_agora_tr_s_B296CE5E-76FA-4CED-BF41-67723625F4BE.JPG
Foto: Divulgação
17/04/2019 às 15:03

O Departamento de Eventos Sarel da Igreja Assembleia de Deus Tradicional (IEADTAM) realiza no próximo sábado (20) e domingo (21), a quarta edição do Musical Via Crucis: A Marca do Sangue. A programação de Páscoa acontece nos dois dias a partir das 18h30, no Templo Sede da denominação evangélica, localizado na avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul de Manaus. A entrada é gratuita.

O espetáculo será dividido em 11 blocos, com encenações e músicas sobre os últimos momentos de vida de Jesus, desde sua entrada em Jerusalém até o domingo da ressurreição. São quase 120 pessoas ligadas diretamente ao musical, entre atores, cantores e músicos.

O líder do departamento de eventos, Allan Nywner Praia, explicou que o tema deste ano "A Marca do Sangue" foi escolhido para trazer uma reflexão e o retorno à base da fé cristã: o sacrifício de Cristo na cruz do calvário.

"Em tempos de hostilidade e aversão à fé, é importante lembrar que Jesus não morreu por instituições ou por posições eclesiásticas, ele morreu por pessoas. Muito mais que um ativismo desmedido, Jesus estava interessado na transformação que ocorre no interior das pessoas", explicou.

Com duas horas de duração, a organização do espetáculo aguarda um público de 2 mil pessoas, por dia de apresentação. "Acredito que como cristão, todos nós ficamos felizes em falar sobre a cruz, mas além disso, espero que possamos apresentar um espetáculo que possa emocionar a cada uma das pessoas que forem prestigiar o evento", comentou.

O organizador também destaca que o principal objetivo do espetáculo é mostrar para o público, que a Páscoa significa muito mais que a compra de chocolate, mas sim a morte de Jesus.

"Quem não gosta de chocolate, não é mesmo? Mas a verdade é que a páscoa original era uma festa que celebrava a liberdade do povo judeu após 400 anos de escravidão no Egito. Ervas amargas eram consumidas com carne de cordeiro para lembrar que a escravidão, de qualquer natureza, é algo amargo. Por mais que a influência pagã tenha conseguido espaço no consumismo do mundo moderno, a cruz de Cristo nos lembra que a escravidão do pecado era algo amargo, mas Cristo, nossa páscoa, tornou em mel o amargo da vida dos homens", destacou o organizador do evento.

Papel importante

Pela segunda vez, o estudante Giovanne Cavalcante Santos, de 24 anos, encenará o personagem de Jesus. A primeira vez que "virou" Cristo em uma apresentação foi no ano passado, quando ele participou de uma cantata de Natal na mesma denominação evangélica. Agora, a responsabilidade permanece.

"Encenar o personagem pela segunda vez que foi o marco da história da humanidade , é um grande privilégio para mim. Eu me sinto no dever de estar completamente apto a figurar o personagem", disse.

O estudante tem se preparado durante semanas para encenar o papel. "Em meu coração eu espero que a palavra da verdade ecoe nas vidas, almas sejam libertas, pessoas sejam curadas e que o Espírito Santo se faça presente, e mova o recinto com grande graça. E principalmente que pessoas se entreguem ao Senhor de todo o coração", completou Giovanne.

SERVIÇO

O que: Musical Via Crucis - A Marca do Sangue

Quando: Dias 20 e 21 de abril

Onde: Igreja Evangélica Assembleia de Deus Tradicional, localizada na Av. Duque de Caxias, 2085 - Praça 14 de Janeiro, Manaus - AM, 69020-141

Horário: 18h30

Entrada: Gratuita

*Com informações de assessoria de imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.