Sábado, 05 de Dezembro de 2020
Vida

Índios.com traz a Manaus espetáculo de dança premiado para últimas apresentações

Turnê de “Aëëë – Pra falar do que não foi perdido”, inspirada no cotidiano dos Yanomami, chega à cidade em dezembro



1.jpg Espetáculo enfoca as expressões de alegria dos índios da etnia
14/11/2013 às 10:45

Iniciada em Brasília, com passagens pelos municípios de Santa Isabel do Rio Negro (a 630 quilômetros de Manaus) e Barcelos (a 399 quilômetros), a turnê do espetáculo “Aëëë: Pra falar do que não foi perdido” deverá se encerrar em Manaus, com apresentações de 12 a 15 de dezembro, em local ainda a ser definido. A nova produção da Índios.com Cia. de Dança foi contemplada com o Prêmio Klauss Vianna de Dança 2012, concedido pela Fundação Nacional de Arte (Funarte) e Ministério da Cultura (MinC), com patrocínio da Petrobras.

A nova montagem da Índios.com faz referência direta aos valores culturais do povo Yanomami, que, apesar dos problemas e conflitos que enfrentam no contato com as populações não indígenas, ainda mantém viva a alegria de viver e demonstram isso no seu cotidiano na maneira de vestir, comer e morar. O elenco é formado por Daniela Alves, Kamilla Aguiar e Jonatas Amaral, que demonstram unidade técnica e artística nas apresentações da nova produção.



Espaço de interação
Yara Costa, diretora artística da Índios.com, explica que a nova produção da companhia foi criada para proporcionar uma interação com o público. “Este espetáculo não foi pensado para um grande público porque ele é mais intimista e em formato de instalação, com o público fazendo parte do trabalho. São 40 almofadas espalhadas em forma circular na área cênica e aberto a mais lugares em cadeiras ou arquibancadas, cuja localização depende do espaço da apresentação. Ao som de gritos, que iniciam espaçados e depois se intensificam, o público é convidado a adentrar nesse espaço criado pela Índios.com”, detalha ela.

“Aëëë” é o terceiro trabalho de Yara voltado para a questão cultural indígena. Em 2008, no Sesc de Manaus, ela estreou “Rito de passagem”; e em 2010, a coreógrafa realizou a première de “Rastros híbridos” em Caiena, na Guiana Francesa. Yara também é professora e pesquisadora em Dança na Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (ESAT/UEA).

Visibilidade internacional
Nos dias 4 e 5 de maio deste ano, a Índios.com Companhia de Dança representou o Amazonas na Mostra de Artes Cênicas do Ano do Brasil em Portugal, apresentando os trabalhos “Rito de passagem” e “Rastros híbridos” no Oficina Municipal do Teatro – O Teatrão, na cidade de Coimbra.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.