Publicidade
Entretenimento
ENTREVISTA

Ícone de empoderamento, cantora Iza se apresenta em Manaus no dia 17 de março

Cantora fará show na festa "Apache" e ingressos estão à venda. Em entrevista exclusiva, Iza fala sobre como chegou ao estrelato e inspiração para os fãs 26/02/2018 às 16:43 - Atualizado em 26/02/2018 às 18:44
Show 6c236a3fdf72ea04da37d981d6f5e98e
Cantora de Olaria já possui uma legião de fãs e sucessos na carreira (Foto: Divulgação/Reprodução)
Maria Paula Santos Manaus (AM)

Isabela Lima, 26, conhecida no País inteiro como Iza, dona de hits como “Te Pegar”, “Bonde Pesadão” e “Quem Sabe Sou Eu”, conquistou o Brasil com sua voz poderosa e letras empoderadas. A cantora, que fará show em Manaus no dia 17 de março, começou no coral da igreja, foi para a internet e hoje, com mais de 50 milhões de visualizações e 1 milhão de seguidores, é destaque por onde passa, seja pelo talento musical ou pelos looks marcantes. 

Na verdade, tudo em Iza é marcante. Formada em Publicidade e Propaganda, largou tudo para seguir o sonho de se tornar cantora, o que conquistou em menos de um ano. E ela já se tornou um ícone brasileiro quando o assunto é música, empoderamento e posicionamento político, mostrando que a idade não interfere ao levantar bandeiras sociais. 

“Quando a gente busca entender melhor a vida lá fora, como o mundo anda, como lidar com o preconceito, com a política, com as diferenças, não há idade que interfira. Vejo, sim, muita gente da minha idade – e até mais nova – envolvida com política, com melhorias, com a busca pela igualdade. E isso é ótimo”, comenta a artista, em entrevista ao BEM VIVER TV.

Ainda neste semestre, Iza lançará seu primeiro CD, “Dona de Mim”, pela Warner Music. O álbum representa de forma única a mensagem que a cantora passa para seus fãs em suas letras e redes sociais. “Fico feliz de poder ser inspiração para outras pessoas, principalmente as mulheres negras. É muito gratificante. Quero que elas se sintam representadas porque também é a minha verdade. Quero, cada vez mais, conseguir oportunidades para que todas as mulheres tenham lugar de protagonismo também”.

Depois de roubar os olhares no desfle da Salgueiro, Baile da Vogue e Rock in Rio, além de ser a cara de campanhas como Apple e Avon, Iza participa de um bate-bola exclusivo com o BVTV.

Três Perguntas para Iza

Iza virou símbolo de combate ao machismo e o racismo. A que você atribui essa característica?

"Eu nunca fiz isso intencionalmente. Na verdade, eu falo e canto sobre temas que vivi, sobre coisas que acontecem na minha vida, são minhas vivências e meu ponto de vista. Por isso é tão natural e verdadeiro. É legal saber que é uma questão atual e precisa ser falada, que também está na cabeça de outras pessoas e elas acabam se conectando com isso. Eu lembro a menina que eu era e sei como era importante me ver nos lugares, me sentir representada, ter um mulher forte me dizendo todos os dias que eu posso e que quem sabe sou eu. Então, sempre que puder, quero passar essa mensagem através do meu trabalho. É muito bacana ser inspiração para outras pessoas".

Uma das características marcantes e que chamam a atenção é a ousadia no seu modo de vestir. Você sempre viu a moda como uma forma de se expressar? 

"Claro. Eu sempre adorei moda, e minha estilista me ajudou a sofisticar o olhar e também a entender exatamente o que eu queria passar com as minhas roupas. Elas são muito importantes porque refletem o meu humor, meu estilo e quem eu sou. É um processo de autoconhecimento também".

Como você vê todo esse sucesso? Afinal, em tão pouco tempo você já estava nas paradas das plataformas,  apresentando-se em festivais de peso e lotando casas de show pelo Brasil... 

"Foi tudo muito rápido, mas também no momento certo. Eu não imaginava que seria assim tão depressa, mas fico muito feliz de ver meu trabalho gerando frutos e espero que isso tudo seja só o começo. Tenho vivido experiências incríveis".

Serviço

O quê: “Apache” convida Iza
Onde: Village Festas
Quando: 17 de março, às 22h
Quanto: R$ 40 e R$ 60

Publicidade
Publicidade