Domingo, 22 de Setembro de 2019
Arte

Jair Jacqmont inaugura exposição ‘Destribalizados’ no Museu Amazônico

A exposição também é um tributo à obra do teatrólogo Luiz Vitalli, falecido em maio deste ano



0014-Ponta_negra_6DDB957F-A3BB-4F56-8D93-9933B2B873F1.jpg Jair exibe cerca de 200 obras. Foto: Divulgação
18/08/2019 às 15:37

Com o objetivo de apresentar sua vivência no circuito das artes cênicas, a partir das obras produzidas para o Pombal Arte Espaço Alternativo, o artista plástico Jair Jacqmont inaugurou nessa sexta-feira (16), a exposição intitulada “Destribalizados: Pombal Jacqmont Arte & Teatro 2019”, no Museu Amazônico (Rua Ramos Ferreira, 1036, Centro), a partir das 19h, com entrada gratuita. 

Com curadoria do próprio artista, o tema da exposição gira em torno do teatro, das artes visuais e da cultura indígena. A mostra apresenta o resultado da interação entre as artes plásticas de Jacqmont e o teatro de Luiz Vitalli, emprestando como cenário o confronto cultural entre os povos indígenas da Amazônia e a vida urbana da cidade de Manaus nos séculos 20 e 21. 

Segundo Jair, essa exposição também é um tributo à obra de Luiz Vitalli. “Ele me dava os textos e eu criava todas as imagens a partir deles. Eram textos de peças diferentes, mas montados com a mesma crítica, com a mesma criatividade sobre os indígenas da Amazônia. Vitalli era paulista, mas lutava por nossa cultura. É também a celebração de uma parceria que deu certo”.  

Para o diretor do Museu Amazônico, o historiador Dysson Teles, “Destribalizados” simboliza uma parceria de grande valia. “São quatro mãos e duas direções que acabam se fundindo e materializando em algum momento e em algum lugar. O que antes era um livre pensar, em uma obra concreta e harmônica, como um filme com início, meio e fim”, afirma.

Exposição

De acordo com o artista, a mostra conta com cerca de 200 obras, entre quadros, aquarelas, desenhos e instalação. O artista e criador da exposição, Jair Jacqmont, explica que o célebre legado junto ao amigo e dramaturgo Luiz Vitalli para a cultura regional e nacional compõe a mostra. 

Obras como “Amanusmente”, “Poronominare”, “Genoma”, “Yapinari”, “A saga dos Mundurukus”, “Cunhã” e “O vale do Nikamukora” são alguns dos trabalhos que ecoarão para a posteridade como riquezas culturais que resgatam e resguardam as origens amazônicas. 

“A exposição ‘Destribalizados: Pombal Jacqmont Arte&Teatro 2019’ é um exemplo da magnitude do trabalho desenvolvido pela ONG Pombal, sob a direção de Luiz Vitalli”, destaca o artista Edgar Montrezol.

A exposição ficará aberta para visitação até o dia 1º de novembro, de segunda a sexta, das 9h às 16h30. O Museu Amazônico também recebe agendamento de escolas. Para maiores informações, entre em contato com o Museu Amazônico pelo contato (92) 3305-1181, ramal: 2021, ou pelo e-mail: museuamazonico@ufam.edu.br

Prêmios

De acordo com Jair Jacqmont, essas obras têm história e carregam um legado de orgulho para os artistas, as quais as renderam reconhecimento no 3º Fenarte, realizado em Canela, no Rio Grande do Sul. 

“Ganhamos quatro prêmios nesse festival de arte. Os troféus premiaram o figurino, sonoplastia, maquiagem e melhor atriz. Esses itens fizeram parte da primeira peça que fiz, Amanusmente. Era um Cabaret, com uma moça de época, um garçom indígena e as dançarinas. E assim os personagens entram na historicidade”, afirma Jacqmont.

Perfil

Luiz Vitalli

Paulista na certidão, mas amazonense de coração, Luiz Vitalli era ator, diretor, teatrólogo, e dedicou sua vida em prol do verdadeiro Ethos da Amazônia. Ao longo dessa jornada, ao lado do produtor cultural Alberto Penkauskas, fundou a ONG Pombal, em 1981. Era um homem de personalidade forte e presença marcante que acreditava na sabedoria da floresta e na força de seus ancestrais como fontes transcendentes de inspirações e energias. Colecionador de importantes prêmios, deixou um célebre legado para a cultura regional e nacional, ligado ao Ethos Amazônico. Vitalli faleceu em maio de 2019, aos 60 anos.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.