Publicidade
Entretenimento
Vida

Jazz no palco do TA: festival celebra 100 anos de Vinicius de Moraes

Seguindo uma fórmula baseada na valorização dos artistas locais e na busca pelo vanguardismo e ineditismo, o 8º FAJ reúne artistas e grupos locais ao lado de atrações nacionais e internacionais 04/07/2013 às 08:43
Show 1
Bennie Maupin (acima) e Vinícius Cantuária estão na lista
Jony Clay Borges Manaus, AM

O multi-instrumentista norte-americano Bennie Maupin, o saxofonista cubano Felipe Lamoglia e o cantor e compositor nascido em Manaus, Vinícius Cantuária, são alguns dos nomes na agenda de shows do Festival Amazonas de Jazz (FAJ). O evento, que este ano acontece no período de 23 a 28 de julho, no Teatro Amazonas, adere às comemorações pelo centenário de Vinicius de Moraes, trazendo o poeta e compositor como grande homenageado desta edição.

Seguindo uma fórmula baseada na valorização dos artistas locais e na busca pelo vanguardismo e ineditismo, o 8º FAJ reúne artistas e grupos locais ao lado de atrações nacionais e internacionais. “Não podemos pensar a cultura unicamente com o foco umbilical”, apontou Robério Braga, secretário de Cultura do Estado, durante coletiva de lançamento do evento, na manhã de ontem. Ele destacou a participação do grupo All That Jazz e das orquestras Amazonas Band e Beiradão do Amazonas – esta novata no cenário musical amazonense.

O FAJ 2013 vai oferecer, ao todo, 12 apresentações musicais no TA – duas a cada noite – e cinco workshops abertos ao público em geral. O orçamento do festival, de acordo com o secretário, é de R$ 650 mil.

Linha de frente

A exemplo de edições anteriores, o FAJ este ano traz nomes de peso ao palco do TA. A lista inclui, entre outros, Bennie Maupin, que tem no currículo parcerias históricas com nomes como Herbie Hancock e Miles Davis, verdadeiras lendas do jazz.

Há ainda Bob Mintzer, compositor, arranjador e saxofonista indicado quatro vezes ao Grammy, dono de composições com Tito Puentes, Queen e Milton Nascimento, entre outros; Jeff Williams, baterista norte-americano que já trabalhou ao lado de gente como Stan Getz, Joe Lovano e Phil Ronson; e Felipe Lamoglia, vencedor do Grammy, que será atração da noite de abertura do festival.

Brasileiros no palco

A seleção nacional do FAJ, por sua vez, terá Wanda Sá e o grupo Os Cariocas, ambos nomes importantes da cena bossanovista brasileira, reunidos no tributo “Bênção Vinicius de Moraes”, em homenagem ao Poetinha. Ainda entre os brasileiros destaca-se Vinícius Cantuária.

Nascido em Manaus em 1951, o cantor e compositor tem uma reconhecida atuação internacional, sendo conhecido por aqui pela canção “Lua estrela”, celebrizada na voz de Caetano Veloso. O músico ainda deverá fazer uma surpresa em seu show, na noite de encerramento do FAJ.

Shows à parte, a programação do FAJ terá uma série de workshops a partir do dia 22, sempre às 10h, no Centro Cultural Palácio Rio Negro. A agenda inclui aulas do mestre Ailton Nunes, da Bateria da escola de samba Mangueira, além de Jeff Williams, Bennie Maupin, Paulo Braga e Silvia Góes. As oficinas são abertas ao público e limitadas apenas pelo número de assentos.

Em sete anos de trajetória, o FAJ ganhou credibilidade e respeito não só entre o público local, conforme avalia Rui Carvalho, diretor artístico do evento. “Ele se tornou referência em nível nacional e também tem se consolidado no mundo”, afirma o diretor, que recentemente marcou presença no Festival de Jazz de Londres, como convidado do Conselho Britânico.

“Percebi que muitos tinham ouvido falar no festival do Amazonas e tinham interesse em saber sobre ele. O FAJ tem contribuído para criar uma imagem muito positiva do Estado, tanto nacional quanto internacionalmente”, conclui.

‘Verde’

Na nova edição do FAJ será colocado em teste o uso de “ingressos sustentáveis”, cujos recibos são enviados aos clientes por meio de smartphones. A ideia, segundo Robério Braga, é estender o recurso a outros eventos promovidos pela SEC.

Programação

Atrações e noites do 8º Festival Amazonas de Jazz

Dia 23, terça
19h Amazonas Band convida Felipe Lamoglia
20h30 Bennie Maupin Ensemble

Dia 24, quarta
19h Grupo All That Jazz
20h30 Toninho Ferragutti

Dia 25, quinta
19h Silvia Góes Trio
20h30 “Bênção Vinicius de Moraes”, com Wanda Sá e Os Cariocas

Dia 26, sexta
19h Mário Laginha – Piano solo
20h30 Jeff Williams Quintet

Dia 27, sábado
19h Amazonas Band convida Bob Mintzer, apresentando Chico Pinheiro
20h30 Rosa Passos

Dia 28, domingo
19h Orquestra de Beiradão do Amazonas
20h30 Vinícius Cantuária

Serviço

o que é: 8º Festival Amazonas de Jazz (FAJ)
onde: Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião, Centro
quando: De 23 a 28 de julho, sempre a partir das 19h
quanto: Ingressos de R$ 10 a R$ 40 (inteira), e de R$ 5 a R$ 20 (meia-entrada para estudantes e idosos), dependendo da localização do assento. Já à venda na bilheteria do Teatro
informações: (92) 3232-1768

Publicidade
Publicidade