Publicidade
Entretenimento
Eleição Caprichoso

Joilto Azedo quer tricampeonato para o Caprichoso

Candidato a presidente do bumbá Azul e Branco apresentou projeto que pretende desbancar o boi contrário por três anos 11/09/2013 às 10:43
Show 1
Na apresentação do 'projeto do tri" , Joilto Azedo e Rossy Amoêdo são apresentados pelo apresentador Júnior Paulain
Jonas Santos Parintins

Derrotar o Garantido nos próximos três anos e conquistar um novo tricampeonato para a a galeria de troféus é a principal bandeira de campanha do candidato a presidente do bumbá Azul e Branco de Parintins Joilto Azedo. “Essa é a nossa meta. Vamos nos empenhar com o objetivo de fazer o Caprichoso tricampeão em 2016. Iremos ampliar as ações do Conselho de Artes, com temáticas inovadoras que visem à formatação de um novo espetáculo”, afirmou Azedo.

O projeto, considerado audacioso, do candidato encontra refundamento ainda no talento do artista plástico Rossy Amoedo, vice-presidente na chapa, e que será o presidente da área artística do bumbá.

No Festival Folclórico de Parintins de 2013, em que os bois comemoraram o centenário de fundação, o Caprichoso deixou escapar o título de bicampeão. Artistas e compositores de várias esferas da agremiação como Juarez Lima, Karú Carvalho, Ronaldo Barbosa, Adriano Aguiar, Carlos Paulain, o pajé Waldir Santana e o ex-presidentes Ray Viana e Dodozinho Carvalho e o primeiro presidente do bumbá Acinélcio Vieira  declararam apoio à chapa e ao projeto do tri. Amanhã simpatizantes e sócios realizarão buzinaço, nas ruas de Parintins, em apoio a candidatura de Joilto e Rossy.

Propostas

Dentre as propostas apresentada pelos candidatos estão também à construção de um novo galpão de alegorias, ampliação de investimentos na escola de Artes, criação de um complexo de lazer no Clube de Campo,  criação do Conselho Musical, criação da Indústria do Folclore e a criação da loja oficial do boi. “Vários sócios estão aderindo à campanha e abraçando este projeto que é transformar o Caprichoso numa agremiação mais forte e profissional”, disse Rossy Amoedo.

Na semana passada, Joilto Azêdo informou que homologará os nomes dos novos sócios que não votarão na eleição, deste ano, marcada para o dia 22 de setembro. “Vamos convocar uma assembleia geral do Caprichoso e homologar os novos associados”, assinalou Azêdo. “Pretendemos também  ampliar o quadro de sócios a partir da criação da categoria sócio-torcedor, no modelo dos grandes clubes de futebol”, acentuou o presidenciável.

Publicidade
Publicidade