Publicidade
Entretenimento
Vida

Jornada de fé: a preparação e expectativa de encontrar o Papa

Banda de jovens amazonenses foi selecionada para se apresentar durante a visita do Papa ao Rio de Janeiro, que será na semana que vem 18/07/2013 às 08:53
Show 1
Este é o primeiro Papa Francisco que o mundo conheceu, e é, sem dúvida, um marco para a história do catolicismo
Cynthia Blink Manaus, AM

O maior encontro de jovens católicos do mundo promete reunir milhões de pessoas na cidade do Rio de Janeiro. A 38° “Jornada Mundial da Juventude” (JMJ), que acontece do dia 23 a 28 desse mês, será a primeira viagem ao exterior do Papa Francisco (escolhido dia 13 de março desse ano). Naturalmente, a JMJ é o destino de alguns jovens amazonenses. Eles aguardam ansiosamente o dia do evento.

“É motivador saber que vou participar do maior evento de jovens católicos do mundo. E também, causa muita expectativa”, fala Anderson Medeiros, 16, que faz a contagem regressiva para o evento nas redes sociais, segundo afirmam os integrantes do grupo com quem Anderson viajará. Os 19 amigos frequentam a Capelania Militar Nossa Senhora do Sameiro, na Ponta Negra.

“Acho importante lembrar: a jornada não é um tour. Nunca fui ao Rio de Janeiro, mas tenho claro que o objetivo é atrair os jovens para a igreja. É uma oportunidade única na vida de ver o representante de Pedro na Terra”, explica Beatriz Lima, 16, uma jovem muito ativa na igreja. Focada, ela canta e já foi chefe dos coroinhas.

Papa Francisco

São Francisco de Assis deixou tudo: riquezas, prestígios e até a própria família para se dedicar a Jesus Cristo. A vocação à vida religiosa franciscana é um modo especial de servir a Deus. Esse é o primeiro Papa Francisco que o mundo conheceu, sem dúvida, um marco para a história do catolicismo.

“A renúncia do Bento XVI foi uma surpresa e uma preocupação para todo mundo. Nós, aqui na igreja, oramos muito pedindo a Deus que o Papa escolhido fosse o ideal e fomos atendidos”, disse Luana Luiza, 21, que também já garantiu sua presença na JMJ.



“A simplicidade e o respeito pelas diferenças são as características principais do Papa Francisco. Acredito que é isso que ele deseja transmitir a nós, jovens”, afirma Erick Keven, 17, que apesar de não ter concluído, já fez muitos anos de seminário.

Música do Amazonas

A única banda amazonense convidada para cantar na JMJ foi a “Luz do novo mundo”. “Quando ficamos sabendo foi só alegria. Também ficamos surpresos porque foi ainda melhor do que estávamos imaginando. Achávamos que íamos fazer um show e faremos dois”, diz Neto Carvalho, vocalista da banda que vai trabalhar muito, pois também foram indicados pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) para tocar nas catequeses.

Neto Carvalho ainda tem mais motivos para comemorar. “Fui convidado para ficar nos atos centrais (área VIP para coordenadores de todo o mundo)”, afirma o vocalista, que anos atrás não poderia imaginar viver essa felicidade.

“Minha esposa e eu tocávamos na noite (atualmente, o casal é vocalista da banda). Já tive problemas com drogas e com a Justiça, mas quando conheci esse Deus maravilhoso mudei minha vida. A ‘Luz do novo mundo’ foi fundamental”, diz.

Livro

Mesmo sem mencionar a atual situação brasileira, tampouco os protestos que tomaram conta do País no último mês, a presidente Dilma Rousseff, em um comunicado veiculado na “Rede Viva” na noite desta quinta-feira, 11, deu às boas vindas aos peregrinos que irão participar da JMJ.

Publicidade
Publicidade