Terça-feira, 22 de Junho de 2021
Literatura amazonense

Jornalista lança segundo livro para o público infantojuvenil em Manaus

Contemplado pelo prêmio Aldir Blanc de Literatura, “Emma e a Estrela das Águas” será lançado no fim de dezembro



alessandra_E1213A53-F792-4F41-A495-AE6F9F8402C9.jpg Alessandra e seu primeiro livro: O Leão e a Libélula. Foto: Divulgação/SESC/AM
16/12/2020 às 10:51

Uma das obras contempladas pelo edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc, o livro “Emma e a Estrela das Águas”, da escritora e jornalista Alessandra Karla Leite, tem lançamento previsto para o próximo dia 28 de dezembro, nas plataformas digitais. A reunião presencial tradicional, com sessão de autógrafos, de acordo com a autora será substituída por um evento on-line em cumprimento aos protocolos de segurança e distanciamento social, medidas de prevenção contra o novo Coronavírus.

Com a chancela da editora Valer, o livro – voltado para o público infantojuvenil – começou a ser produzido no final de novembro, logo após a homologação do resultado dos editais da Lei Aldir Blanc.



Pensada para destacar a importância dos seres mitológicos da Amazônia e dos saberes tradicionais dos povos da floresta, a segunda obra de Alessandra Karla Leite traz no enredo cinco crianças que, perdidas dentro da mata, descobrem um universo mágico e paralelo quando mergulham na imaginação e interagem com os personagens das lendas folclóricas e, sobretudo, com os mistérios dos céus e suas estrelas.

“A ideia dessa história nasceu logo após a publicação de O leão e a libélula – meu primeiro livro – há sete anos. Ficou parada esse tempo todo, até que surgiu a oportunidade do edital e eu pensei: por que não tentar? Em menos de um mês escrevi e reescrevi o livro várias vezes, retirei capítulos inteiros e incluí a metáfora da constelação da ema para dar vida à minha personagem principal, em sua jornada de autoconhecimento”, diz a autora.

Questionada se a obra também alcança outras faixas etárias, Alessandra enfatiza que o livro precisa ter uma classificação, o que considera meramente simbólico. “É, sem dúvida, um livro para crianças de todas as idades”, ressalta.

Para escrever a trama de “Emma e a Estrela da Águas”, a autora conta que realizou inúmeras pesquisas sobre astronomia indígena e os seres encantados que povoam o imaginário amazônico, participou de seminários, adquiriu livros temáticos, tudo com a intenção de valorizar a obra, ao fazer um trabalho de ficção embasada.

Com prefácio da também escritora Leyla Leong, que destaca a habilidade e vocação de Alessandra Karla Leite para escrever histórias, a obra é a primeira a ser contemplada em um edital de Literatura. “Inspirada em lendas da cultura indígena da Amazônia, Alessandra conduz o leitor em uma viagem fantástica, onde se alternam mundos paralelos: o real e o imaginário. O que acontece no palco onde é encenada uma peça teatral para crianças com o que se imagina ser a vida misteriosa da floresta, em confronto com a realidade dos espíritos que a habitam. Mas qual seria o mundo ‘real’? A resposta a essa pergunta, que a autora deixa suspensa durante o desenvolver da sua história, é o ganho do texto. Atiçar a curiosidade do leitor em conhecer mais sobre esses dois mundos tão presentes e tão ausentes do nosso cotidiano”, escreve Leyla em sua apresentação.

Para que o público possa acompanhar as novidades sobre o livro, ter acesso ao link do lançamento e saber como adquirir os exemplares, foi criado o perfil @emmaeaestreladasaguas no Instagram e a página “Emma e a Estrela das Águas”, no Facebook.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.