Domingo, 21 de Julho de 2019
TALENTO

Jovens manauaras se destacam por habilidades criativas e começam a despontar

Pintura, desenho e música estão entre os dons que Nathalie, Victor e Riquelme mostram desde cedo



06/08/2017 às 18:10

Nathalie Braga, de 11 anos, tomou gosto pela pintura depois de fazer um curso de férias e vem chamando a atenção com suas telas. Victor Lins (12) começou a tocar piano por iniciativa própria e já compõe suas primeiras melodias. Cursando o sétimo ano, Riquelme Pereira criou uma HQ com personagens saídos da Era Jurássica e sonha em se tornar quadrinhista profissional. Essas são as histórias de três jovens manauaras que cedo despertaram para algum tipo de talento nas artes. 

No caso de Nathalie, isso aconteceu ainda aos nove anos de idade, quando ela começou a ter aulas no ateliê da artista plástica Luciana Severo, que atualmente mora em Teresina. “Sempre gostei de arte, mas até então eu não sabia nada de técnica, não tinha experiência com pintura. Até que minha mãe encontrou um curso de férias com a Luciana, que me ensinou praticamente tudo que sei”, conta ela.

Hoje, Nathalie diz ser mais chegada à pop art e ao abstracionismo, mas foi com a pintura de uma índia que ela conseguiu, pela primeira vez, expor fora de Manaus. “Em março a convidei para participar de uma exposição comigo em São Paulo, ela pintou uma índia e chamou a atenção de muitos curadores. Um deles a convidou para expor uma de suas índias em Porto, Portugal”, lembra Luciana Severo.

Junto com a professora, que segue acompanhando a pupila pela Internet, Nathalie também vai participar, nos próximos meses, de exposições em Viena, Paris e Miami. Na França, ela e mais 53 crianças brasileiras participarão de um evento no Carrouseul do Louvre; nos EUA, o ponto de parada será a feira Art Basel. Em relação ao futuro, Nathalie ainda se mostra dividida, mas não pensa em abandonar as tintas e pincéis tão cedo: “Tenho muita vontade de fazer faculdade de moda e artes plásticas, mas talvez também tente alguma coisa em Relações Internacionais”.

Descobrindo o piano

Certo dia, os pais de Victor Lins acordaram e se depararam com o filho sentado junto ao piano que pertencera ao avô – o garoto executava de ouvido “Für Elise”, de Beethoven. A surpresa foi geral, pois ele nunca havia estudado o instrumento antes. “Ele ouviu a música no desenho ‘Mini Einsteins’ e só tinha dez anos na época. Quando percebemos o quanto a música fazia parte da personalidade dele, procuramos dar o máximo de apoio”, recorda a mãe, Michelle.

Ele acaba de participar de um “summer camp” da Berklee College of Music, em Boston (EUA), que oferece um programa para novos músicos entre 12 e 15 anos  desenvolverem seus talentos. “No curso da Berklee eu pulei para o último nível da leitura de partitura. Componho algumas coisas, mas por enquanto sou reservado com esse lado. Tenho duas composições ainda sem nome”, afirma Victor, que é fã de Chopin e pretende fazer faculdade de música e economia. Um pouco do talento do jovem pode ser conferido no perfil dele no Instagram.

Historinhas jurássicas

Ellie Proconbiscubinato, Dino Tyranossauro Rex e Eduardo Estegossauro são os nomes de alguns habitantes da Cidade Dinossauro, universo fictício imaginado pelo jovem Riquelme Pereira, de 13 anos. Com uma criatividade à flor da pele, ele desenha histórias em quadrinhos povoadas por personagens saídos da Era Jurássica – a HQ mais recente conta as peripécias de um ladrão de ovos e chama a atenção pela qualidade dos traços e dos diálogos.

“Comecei a gostar de dinossauros com o desenho ‘Em busca do vale encantado’ e depois que vi ‘Jurassic Park’. Hoje em dia pesquiso muito sobre o assunto em livros e na Internet”, conta Riquelme, que também cria pequenas réplicas dos animais a partir de materiais reaproveitados. 

Por enquanto, ele sonha em se tornar quadrinhista profissional e até cita um ídolo: Maurício de Sousa, “pai” de outro personagem pré-histórico, o filhote de T-Rex Horácio. Em breve, também vai ao ar um site para quem quiser acompanhar o trabalho de Riquelme.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.