Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Buzz

Justin Bieber fica no escuro mas termina show com ajuda dos fãs

O que era para ser resolvido em poucos minutos, se estendeu por mais de meia hora e mesmo assim Bieber conseguiu finalizar o show com a ajuda do público



1.jpg O cantor canadense Justin Bieber
19/06/2012 às 10:38

O astro teen Justin Bieber superou uma falta de luz durante um de seus shows para divulgar o novo álbum "Believe", que aconteceu nesta segunda-feira (18) no Teatro Apollo, em Nova York. As informações são da agência The Associated Press.

Segundo o seu empresário, Scooter Braun, a apresentação estava no fim quando a energia foi cortada e "ficou tudo escuro e os instrumentos pararam de funcionar"."Ouvimos o alarme de incêndio", disse Braun.

O que era para ser resolvido em poucos minutos, se estendeu por mais de meia hora e mesmo assim Bieber conseguiu finalizar o show com a ajuda do público, que cantou junto com ele. O cantor pediu desculpas e pediu para que a platéia cantasse o novo sucesso "Boyfriend".

"Sinto muito por isso... (Mas) vocês que sempre estiveram comigo, vamos cantar 'Boyfriend'...", pediu Bieber, que de imediato teve o apoio da multidão, principalmente de meninas adolescentes, que cantou e dançou junto com ele.

A representante do teatro, Nina Flowers, não soube dizer o que causou a queda de enrgia, mas elogiou a postura do artista de apenas 18 anos.

"Ele poderia ter parado. Poderia ter saído do palco, mas não o fez, voltou e terminou a aparesentação", declarou Flowers. Ela contou ainda que Bieber mostrou reverência ao famoso teatro ao longo da noite, um salão sagrado onde pesonalidades como James Brown, Stevie Wonder e  Michael Jackson já se apresentaram.

O empresário do astro disse que está esperançoso de que o álbum vai provar que Bieber  ainda tem mais a mostrar. "Ele é um grande artista e hoje mostrou isso", disse Braun.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.