Publicidade
Entretenimento
QUE COMECE A FOLIA!

Kamélia chega neste sábado (07) para abrir a temporada de Carnaval em Manaus

A festa da 'Negona', começa às 19h no parque aquático do Olímpico Clube, localizada na avenida Constantino Nery, com Kako Kaminha. De lá, seguem para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes 07/01/2017 às 09:48 - Atualizado em 07/01/2017 às 10:00
Show cam lia valendo033
Ano passado a Kamélia veio de vermelho e dourado. (Foto:Evandro Seixas)
Paulo André Nunes Manaus (AM)

A rainha maior do Carnaval amazonense chega neste sábado (07) à cidade com toda pompa e alegria que merece. Símbolo do Carnaval amazonense, como acontece todos os anos a Kamélia desembarca na cidade e abre oficialmente a temporada da folia de Momo na capital.

A festa da “Negona”, como é conhecida popularmente há 78 anos, começa às 19h no parque aquático do Olímpico Clube, sua tradicional casa, localizada na avenida Constantino Nery, com Kako Kaminha, com a concentração de seus admiradores que, de lá, saem em carreata rumo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde às 21h34 (horário envolto em  misticismo dos números, que somados dão 10 para reverenciar o orixá Oxalufã) a simpática boneca de quase três metros de altura será recepcionada pela diretoria do Olímpico Clube, integrantes da escola de samba Império da Kamélia e receberá as chaves da cidade do prefeito Arthur Virgílio Neto.

Após, todos seguem para o “Clube dos Cinco Aros”, o Olímpico, para comandar o baile “Chegada da Kamélia”, um dos mais tradicionais eventos carnavalescos de Manaus e que é realizado gratuitamente.

Entre as atrações de hoje da folia destacam-se as baterias das escolas de samba Império da Kamélia (chamada de “Swing da Nêga”) e Vitória Régia, mas todas as agremiações da cidade foram convidadas para organizar uma homenagem à boneca com seus pavilhões, devendo participar, por exemplo, mestre-salas e porta-bandeiras, intérpretes, rainhas e demais sambistas, informa a diretoria do clube. Outras atrações confirmadas são  o grupo Os Imperianos e a banda de metais Demônios da Tazmania, que prometem não deixar ninguém parado no parque aquático.

Carnaval tradicional
“A chegada da Kamélia marca, também, a resistência do Carnaval tradicional”, comentou o jornalista Sebastião Assante, presidente em exercício do Olímpico Clube.

Patrimônio Cultural Imaterial
A Kamélia  foi reconhecida em 2015 como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Amazonas, em lei de autoria do deputado estadual Bosco Saraiva (PSDB). Antes, em 2013, o então vereador Arlindo Jr. foi autor da lei municipal que oficializou a chegada da gigantesca boneca como a abertura oficial do Carnaval de Manaus.

A boneca entrou para a história do Carnaval amazonense em dezembro de 1938, quando, na época com apenas 75 centímetros de altura, foi comprada por quatro mil réis nas Lojas 4.400 e trajada à moda baiana, arrastava multidões pelas principais ruas da cidade, pendurada no galho de uma ingazeira. O flautista Benedito Lacerda foi o seu grande inspirador com a música “Jardineira”, mas a ideia para a sua criação partiu do ex-diretor do Olímpico, Cândido Jeremias Cumaru, mais conhecido como Kandu.

Em 1955, o então prefeito Walter Rayol ordenou que a chave da cidade fosse entregue a ela. Já em 1958, o folclórico prefeito Gilberto Mestrinho passou a entregar a chave pessoalmente em uma solenidade anual.

Publicidade
Publicidade