Terça-feira, 25 de Junho de 2019
Vida

Lá vem a noiva e o bolo também: saiba como adequá-lo à sua festa de casamento

Já que estamos no mês das noivas, o VIDA & ESTILO aproveitou para mergulhar nas dicas preciosas de Nelson Pantano, dono da The King Cake, sobre o assunto



1.png Nelson Pantano, dono da The King Cake
08/05/2015 às 15:43

Aos 11 anos de idade, Nelson Pantano começou fazendo o que foi o seu primeiro curso de culinária. “Me apaixonei pela confeitaria e me voltei para os bolos cobertos com pastas de açúcar”. Logo depois, o menino do interior de São Paulo foi para a capital cursar Propaganda e Marketing na ESPM. Em meio à faculdade, o rapaz resolveu abrir a The King Cake, uma das confeitarias mais renomadas do País atualmente.

Com cursos de aperfeiçoamento em países como a Inglaterra e Estados Unidos, um dos seus destaques ficam por conta dos seus bolos de casamento. E já que estamos no mês das noivas, o VIDA & ESTILO aproveitou para mergulhar nas dicas preciosas de Nelson sobre o assunto.

“É difícil falar em tendência de bolos para casamento, porque o casório tem sempre que ter a cara do casal e não estar preso ao que está na moda”, inicia Nelson, lembrando que os clássicos não saem de moda.

“Agora a gente vê um pouco de certas coisas que não víamos antes, como bolos florais, bolos grandes. Também estou percebendo o uso de folhas de prata e ouro, uma tendência que vem da Austrália. O que eu sempre falo é que o bolo tem de estar de acordo com que foi sonhado para a festa”, orienta.

Adorno

As folhas em si devem ser aplicadas no bolo para compor detalhes, e podem ser comestíveis ou não. “Uma boa é pintar o bolo de dourado, e colocar a folha sobre o bolo. Ou você pode cobrir o bolo inteiro com uma folha de ouro, ou pode cobrir apenas um andar ou um detalhe”, diz ele. Sobre os andares, ele salienta que, para casamento, praticamente não se faz um bolo de um único andar. “Um bolo de casamento tem que ter, pelo menos, uns três andares”, destaca.

Segundo ele, os bolos de casamento mais pedidos atualmente são com sabor de massa de limão siciliano com papoula, recheio de ganache de limão, e creme de pistache. “É uma combinação que surpreende, ninguém espera um sabor desses num casamento e, além disso, foge do tradicional, do de nozes e ovos, e etc. Além de atribuir um sabor leve, sem exageros. A massa que cobre o bolo, por sua vez, deve ser sempre a pasta americana”, aponta Pantano.

Tons e formas

Os bolos claros, principalmente os de cores brancas, nunca saem de cena. “Até mesmo um bolo branco pode receber um toque arrojado. E ser um bolo branco, mas com um toque clássico. Cores claras como nude, off-white, estão sempre em alta”, afirma. E o que devem fazer os noivos que querem sair do clássico?

“Podemos trabalhar um bolo mais ‘geométrico’, buscando uma forma diferente de colocar açúcar no bolo, misturar formatos quadrados. Coisas simples mudam bastante a aparência. Às vezes, a toalha de festa é quadriculada, às vezes o convite do casamento tem uma estampa... sempre é legal estar atento a isso para imprimir os detalhes da festa no bolo”, garante.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.