Publicidade
Entretenimento
Online

Leitura em voz alta é um dos pontos-chave a ser trabalhado em Workshop gratuito

Entre 29 de agosto e 12 de setembro, Marcio Seixas ministra o Workshop da Comunicação Envolvente de forma online e gratuita. O evento é voltado àqueles que alguma forma, utilizam a voz como ferramenta de trabalho 24/08/2016 às 22:54 - Atualizado em 25/08/2016 às 10:26
Show 13735664 1053609768061763 6133008419524287894 o
Márcio é autor da Fórmula da Comunicação Envolvente. (Reprodução)
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Você sabia que através da voz é possível encantar uma plateia lotada ou até mesmo uma única pessoa? Isso pode ser realizado através da leitura correta e até os mais tímidos podem surpreender. É o que explica o dublador de personagens famosos como James Bond (007) e Batman: Marcio Seixas. Entre 29 de agosto e 12 de setembro, Seixas ministrará o Workshop da Comunicação Envolvente de forma online e totalmente gratuita. 

Em entrevista ao portal A Crítica, o dublador que carrega quase meio século de experiências voltada ao cinema, rádio e televisão, explica como serão as aulas, o que os alunos irão aprender e destaca que um dos pontos chaves do minicurso é a leitura em voz alta. Tudo isso para ajudar o público a melhorar o ato comunicacional, que desde os primórdios é uma das necessidades básicas do ser humano. O evento online é voltado àqueles que alguma forma, utilizam a voz como ferramenta de trabalho: locutores, jornalistas, pastores, vendedores e entre outros. Confira:

Qual foi a motivação para desenvolver a Fórmula da Comunicação Envolvente?

Durante os 14 anos de atividade do curso de locução presencial, observei o quanto a leitura em voz alta de um simples texto de avaliação foi um bicho de sete cabeças para os candidatos que afluíam ao meu curso. As escolas de primeiro e segundo grau não exigem esse exercício saudável: leitura e interpretação de textos. Por outro lado o aluno desinteressado não se sente motivado a procurar essa excelência, porque não é estimulado.  Pior: não é cobrado.

Você acreditava na adesão do público?

Quando tive a idéia de oferecer um  minicurso com bastante conteúdo, sabia que seria uma empreitada de risco. Não acreditava numa adesão muito grande. Ou o que era mais provável nenhum interesse. Mas os poucos que porventura se interessassem, me proporcionariam a grande satisfação de saber que consegui adeptos com interesse em desfraldar essa bandeira.

Para meu espanto a resposta veio rápida, num fluxo constante de mensagens de apoio e de pedidos do link para baixarem o curso. Me sinto plenamente compensado.

O workshop da Comunicação Envolvente é voltado àqueles que utilizam a voz como ferramenta de trabalho etc. O que o público participante pode aprender durante as aulas online?

Que utilizando a respiração correta, a projeção correta da voz, a perfeita linearidade, pontuando com concretude os pontos finais das frase, utilizando  as palavras de valor, certamente vai encantar sua plateia ou seu interlocutor. 

É possível que dentre os alunos participantes estejam aqueles que, por vergonha ou timidez não se comuniquem etc, ou seja, são retraídos. Como esse público poderá ser alcançado durante as aulas, e desta forma, melhorar a comunicação?

Os tímidos podem surpreender. Ao se interessarem pela matéria mostrando interesse genuíno nos estudos e na prática, podem se revelar dotados de talentos extraordinários. Podem ser excelentes comunicadores, perfeitos dubladores, atores, advogados, palestrantes. Tenho plena convicção disso.

Como é a dinâmica/feedback das aulas, e do sr. com os alunos? Ou seja, como saber que está dando certo?

No curso fórmula da comunicação envolvente terei contatos quinzenais ao vivo com os alunos através da mídia "live" do whatsapp, e do aplicativo zoom que permite meu contato com um numero ilimitado de alunos no Brasil todo inclusive com interessados que residem no exterior. Estou ansioso para dar inicio ao contato com a próxima turma.

A primeira "turma-teste" do fórmula da comunicação envolvente teve lugar em novembro de 2015 com 43 alunos e terminou em março deste ano. 37 alunos dos mais diversos lugares do Brasil vieram para o encontro presencial no rio de janeiro. Foi um momento emocionante em minha vida de profissional da voz.

Sobre sua carreira: o sr. têm trabalhado exclusivamente com o projeto que motiva essa entrevista?

Continuo minha atividade de locutor de gravações comerciais, e continuo dublando. Na última sexta-feira,dia 19, dublei um desenho do Batman ainda sem título em português.

Sabemos que sr. já trabalhou em diversos produtos voltados ao cinema, televisão e rádio. De todos, o que mais marca a sua trajetória é a locução de "Versão brasileira Herbert Richers"?

Sim, não há quem não reconheça minha voz nessa assinatura.

Serviço

O quê: Workshop da Comunicação Envolvente

Quando: 29 de agosto a 12 de setembro

Quanto: gratuito; inscrições podem ser feitas aqui

Publicidade
Publicidade