Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
Buzz

Léo Áquilla diz que assumiu homossexualidade depois de ser apedrejada no Capão Redondo

Léo contou para os colegas de confinamento que tomou a decisão de sair do bairro depois que  teve um irmão assassinado e outro baleado



1.jpg Léo Áquilla
18/07/2012 às 10:18

Em conversa com Vavá e Ângela Bismarchino celeiro de "A Fazenda 5" nesta terça-feira (17), Léo Áquilla contou que assumiu ser gay para os pais depois que foi apedrejada no bairro Capão Redondo, localizado na zona sul de São Paulo, onde morava durante a adolescência.

Léo contou para os colegas de confinamento que tomou a decisão de sair do bairro depois que  teve um irmão assassinado e outro baleado.



"Nessa época eu já estava muito amedrontada, foi quando eu fui apedrejada", disse. "Eu pensei: Mataram um irmão, balearam o outro, eu sou a próxima vítima".

Segundo a performer, ao decidir sair do Capão Redondo ela precisou contar que era gay aos pais. "Na época eles entenderam. Eu disse: "não vou ficar aqui, não vou para o caixão porque não quero me separar de vocês'", lembrou.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.