Publicidade
Entretenimento
LIVRO

Livro de jornalista do AM conta história de ‘ex-gordo’ e faz alerta sobre obesidade

Cantora Solange Almeida assina prefácio. Livro “50 Kilos Depois” foi editado pela Gregory, de São Paulo, e conta história do jornalista Leandro Tapajós 09/03/2017 às 10:15 - Atualizado em 09/03/2017 às 11:36
Show 5464
Leandro Tapajós (Foto: Marcelo Ramos/Divulgação)
acritica.com

Quase 10 anos após emagrecer mais de 50 kg, o jornalista Leandro Tapajós,32, lança o livro “50 Kilos Depois”. O evento será na livraria Saraiva, no Manauara Shopping, em Manaus, às 19h do dia 24 de março deste ano. A cantora Solange Almeida, ex-integrante do Aviões do Forró, assina o prefácio da publicação. “Combater a epidemia da obesidade é algo urgente”, acredita o autor que passou dos mais de 135 para os 80 e poucos kg.

Antes de pensar em emagrecer ou se adequar aos padrões de beleza é necessário pensar em saúde, acredita Leandro Tapajós. “É preciso controlar – antes de qualquer coisa – suas angústias, frustrações e seus costumes, pois são eles que nos levam ao sucesso ou fracasso”, afirma. 

Em uma prosa objetiva, Tapajós narra sua história. Ele conviveu com a obesidade desde criança e ganhou hábitos saudáveis depois de se submeter à sua 16ª cirurgia, uma redução do estômago em 2007. 

“A ideia de criar o livro nasceu espontaneamente, em 2012. Estava vendo um documentário sobre bariátricos na TV e pensei: minha história também renderia um documentário, ou um livro. Escrevi, então, a introdução e relembrei sobre meus primeiros anos após a redução do estômago. Com texto em mãos, procurei algumas editoras. Três, uma delas de Portugal, demonstraram interesse pela publicação. Acabei assinando contrato com a Gregory, sediada em São Paulo. O livro estará disponível nas principais livrarias do país e poderá ser adquirido pela web também”, disse Tapajós.

 Informação clara

 O autor acredita que há pouca informação realmente confiável disponível em livros sobre a redução do estômago, em obras que não são técnicas e destinadas aos profissionais de saúde. 

 “Os períodos pré e pós-operatório são muito delicados. Eu tive sucesso no meu processo de emagrecimento por ter tido comprometimento e orientação nesse período. A redução do estômago é, na verdade, um instrumento que te permite perder peso, mas é necessário se reeducar, mudar hábitos e assumir novas responsabilidades consigo mesmo”, cita o autor de “50 Kilos Depois”.

 Alerta para pais

O ex-obeso mórbido acredita que sua história pode auxiliar obesos, novos magros e pais de crianças. “Sempre fui muito procurado por pessoas obesas e ex-obesas para falar sobre meu processo. Costumo dizer que a obesidade é uma doença incurável. Quem não foi ‘infectado’ por ela, precisa se precaver. Quem já foi, precisa se cuidar para evitar seu retorno. Nesse contexto, é muito importante fazer os pais pensarem no futuro dos filhos. Quem quer que seu filho sofra, psicológica e fisicamente quando crescer? Acredito que nenhum pai ou mãe, mas muitos colaboram para os filhos amados serem obesos no futuro”, pondera Tapajós.

*Com informações da assessoria de comunicação

Publicidade
Publicidade