Publicidade
Entretenimento
Vida

Maior conferência de e-music da América Latina, RMC termina nesta quinta-feira

Versão regional do evento, realizada pela primeira vez em Manaus, reuniu mais de 150 profissionais ligados à área para debates sobre os rumos do gênero musical 13/11/2013 às 09:48
Show 1
Experiências debatidas no RMC Manaus serão um grande laboratório para estudar as referências locais envolvidas com o tema
Loyana Camelo Manaus, AM

“O Brasil sempre foi importador de música e entretenimento. Atualmente, nossos talentos começam a ser olhados com muito mais atenção e com um viés exportador. Então, a gente acaba construindo um canal para alavancar e acelerar os negócios brasileiros com o mercado internacional”. Este quadro promissor foi pintado por Claudio Miranda Filho, idealizador do Rio Music Conference (RMC), em visita a Manaus para conduzir a versão regional do evento realizada nos últimos dias 8 e 9, e com encerramento marcado para amanhã, durante o Seven Music Festival (SMF).

Maior conferência de música eletrônica e entretenimento da América Latina, o RMC em Manaus reuniu 150 pessoas – contando inclusive com participantes de outros Estados como Roraima, Pará e Maranhão – as quais discutiram acerca da e-music e toda sua cadeia produtiva. Esta foi a sexta edição do RMC, que pela primeira vez leva suas atividades a outras cidades brasileiras fora o Rio de Janeiro, sua sede oficial.

De acordo com Miranda Filho, as experiências debatidas no RMC Manaus serão um grande laboratório para estudar as referências locais envolvidas com o tema. “Temos que estudar para contribuir com os anseios do Norte. Por isso, é importante que se troque experiências positivas e que o Amazonas também enxergue um impulso no mercado”, comentou.

Resultados
O resultado do encontro na capital amazonense será transformado em um relatório e suas informações serão inseridas no “Anuário 2014 do RMC”, publicação que aponta o real cenário brasileiro sobre mercado, tecnologia, artistas, capacitação e tendência sobre música eletrônica. O anuário indicou, entre outras situações, que há um crescimento contínuo em todos os segmentos do mercado e, apresenta bons resultados na arrecadação dos ingressos, patrocínio, público, cachês e outros.

O material aqui produzido também vai ser transformado em vídeo e será transmitido pelos canais “Play TV”, da Net, e das empresas aéreas Azul e a American Air Lines. “A gente precisa expor o que aconteceu aqui para o mundo. Também é uma forma de entender mais quais as iniciativas de sustentabilidade, inclusive apontando Manaus como um case de sucesso nessa área, que é uma questão humanitária tão importante para o planeta”, contou Miranda Filho.

O encerramento do RMC Manaus será realizado amanhã no Seven Music Festival, na arena Povos da Amazônia. Serão mais de 25 atrações internacionais e nacionais, atuando em mais de 12 horas de festa e transformando o evento mais uma vez no maior festival de música eletrônica da região Norte.

Publicidade
Publicidade